Anadia/AL

15 de abril de 2024

Anadia/AL, 15 de abril de 2024

Dia da Mentira: Bolsonaro espalhou 6.676 fake news durante seu governo

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 1 de abril de 2024

BOZO 1

Foto: Reprodução / Breno Esaki/Metrópoles

Nesta segunda (1), o Brasil e outros países celebram o Dia da Mentira, data tradicionalmente conhecida pela disseminação de boatos falsos. Uma das pessoas que mais deve se aproveitar da data é o ex-presidente Jair Bolsonaro, que usou a desinformação como uma arma durante seus quatro anos como mandatário do país.

Segundo levantamento realizado pelo site Aos Fatos, o ex-presidente mentiu mais de quatro vezes por dia durante seu governo. Entre 2019 e o fim de 2022, ele fez 6.676 declarações falsas ou distorcidas, o que totaliza uma média de 4,58 mentiras por dia no período.

Sua gestão foi marcada pela pandemia de Covid-19, justamente um dos temas sobre os quais mais mentiu na Presidência da República. Foram 2.511 declarações falsas sobre a crise sanitária, o que representa 37,61% do total.

Economia (1.212), meio ambiente (354) e eleições (349) aparecem logo na sequência como os principais temas de fake news do ex-presidente.

O ex-presidente Jair Bolsonaro durante live semanal. Foto: Reprodução

Uma das mentiras mais repetidas por Bolsonaro foi a de que não havia qualquer escândalo de corrupção no governo, declaração que foi feito ao menos 249 vezes durante seu governo. Outras duas mentiras bastante repetidas pelo ex-presidente são dizer que o Supremo Tribunal Federal (STF) impediu o governo de atuar na pandemia (139 vezes) e que sua gestão sempre se preocupou igualmente com medidas econômicas e sanitárias (115 vezes).

Segundo o levantamento do Aos Fatos, Bolsonaro usou principalmente entrevistas para espalhar mentiras, com 781 delas sendo veiculadas dessa forma. Na sequência, aparecem discursos (564), lives (249), debates (89) e redes sociais (80).

Redação com DCM

Galeria de Imagens