Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Abel Ferreira quer uma conversa ‘olhos nos olhos’ com Gabigol. Antes de o Palmeiras fazer uma oferta concreta

Treinador português sabe que o jogador do Flamengo é uma grande ‘possibilidade de mercado’. Fará 28 anos em agosto. É um jogador pronto para uma posição que o Palmeiras efetivamente só tem Flaco López. Abel, no entanto, quer saber o que o atacante quer na carreira | 16:09 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 26 de junho de 2024

vv2

Palmeiras online

Por: Cosme Rímoli

Midiático, egocêntrico, provocador.

Abel Ferreira nunca teve um jogador com a personalidade de Gabigol.

O executivo Anderson Barros vem falando, desde o ano passado.

Ele é uma ‘grande oportunidade’ de mercado.

Desde que Tite assinou com o Flamengo, Barros tinha a informação que o atacante não ficaria na Gávea.

Não há possibilidade de boa convivência entre os dois.

O atacante não perdoa o treinador por não tê-lo levado para a Copa de 2022.

Tinha a certeza que, vivendo seu auge físico e técnico, teria voltado a jogar em um clube europeu.

Mas o treinador convocou nove atacantes, mas o deixou de fora.

Tite não o suporta desde o coro que Gabigol regeu, da torcida flamenguista, xingando o treinador.

O Flamengo já demonstrou que não está interessado em renovar com o atacante.

Ele pediu R$ 54 milhões de luvas mais R$ 2 milhões mensais por quatro anos.

Seu contrato termina em dezembro.

Gabigol já pode assinar hoje um pré-contrato com o clube que quiser.

Ele espera a decisão final da Corte Arbitral do Esporte, na Suíça, para se livrar, ou não, da suspensão de dois anos, por tentar fraudar seu exame antidoping.

Se não se livrar, poderá voltar a atuar no dia 8 de maio de 2025.

O Mundial de Clubes, que o Palmeiras participará, começará no dia 15 de junho.

Ou seja, na pior das hipóteses, ele estaria apto.

Mas há grande chance de o jogador ser absolvido.

Tanto que o CAS aceitou o pedido de efeito suspensivo.

Leila Pereira está por Abel Ferreira.

Se o português quiser, ela está disposta a investir em Gabigol.

Mas o treinador português não recomenda a compra de ‘olhos fechados’.

Ou seja.

Ele quer que Gabigol tenha a absoluta certeza que não renovará com o Flamengo.

E depois uma conversa sincera para saber se ele está disposto a se adaptar ao Palmeiras.

Pensar no grupo, antes de tomas atitudes individuais.

As propostas para Gabigol não são muitas, como ele esperava.

O presidente do Corinthians, Augusto Melo, ainda o vê como excelente para desviar o foco de tudo de ruim que acontece no seu clube.

Mas o atacante sabe da instabilidade atual da direção corintiana.

Dos atrasos de direito de imagem, da pressão das organizadas.

O Palmeiras é um clube absolutamente sob controle.

Em todos os sentidos.

Não há uma grande equipe europeia disposta a apostar no problemático artilheiro.

Há, no entanto, movimento de empresários do Oriente Médio para Gabigol.

Tudo vai depender do que o atacante deseja para sua carreira.

No Flamengo, as portas estão cada vez mais fechadas.

O Palmeiras analisa a sério a chance de contratá-lo.

Mas tudo dependerá de uma conversa ‘olhos nos olhos’ de Abel e Gabigol.

O português quer a certeza que não contratará alguém para sabotar o excelente ambiente do Palmeiras.

A situação é simples assim.

Dinheiro, o Palmeiras tem para gastar com Gabigol.

Vai depender da vontade do atacante em ‘renascer’ no Palestra Itália…

*Redação com Esportes.R7 

Galeria de Imagens