Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Anatel lança novo sistema para combater chamadas falsas

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 27 de março de 2024

vv2

Portal da economia

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai lançar um novo serviço com o objetivo de inibir chamadas falsas. O lançamento será nesta quarta-feira (27/3). A informação foi passada diretamente por Carlos Manuel Baigorri ao Metrópoles Entrevista.

A medida foi adotada partindo-se do pressuposto que celular ligado é quase garantia de uma ligação indesejada, de chamada de telemarketing ou de fraude. Como se não bastassem os meios tradicionais, agora criminosos conseguem fazer chamadas falsas, simulando números reais de bancos oficiais. Eles ligam como se fossem funcionários das instituições e tentam checar cartões, dados, vender produtos, com um único intuito: arrancar dinheiro de quem cai no golpe.

Foi justamente para tentar reduzir esse tipo de crime, a exemplo de quando lançou o Não Me Perturbe para bloquear chamadas de telemarketing, que a Anatel lança uma nova ferramenta.

Ainda em processo piloto, a Anatel, junto com 25 operadoras de telecom vai iniciar o processo de autenticação de chamadas com a tecnologia conhecida como stir shaken.

Seria um sistema, que depende da adesão e colaboração das empresas para atestar procedência da chamada e garantir uma identificação clara do número que está chamando, sem confundir o usuário.

Baigorri conversou com o Metrópoles Entrevista e explicou que a plataforma dará mais credibilidade e segurança aos contatos.

“Essa possibilidade de mudar o número, de maquiar o número que está efetivamente fazendo a chamada, o Spoofing, é um tipo de fraude. Nós estamos implementando uma solução de autenticação de chamadas para impedir que isso aconteça. É um sistema chamado Stir Shaken, que é uma tecnologia. Nós estamos implantando ela no Brasil. Estamos ainda em fase de testes, mas, em breve, o usuário vai ter certeza que se aparece 4004-0001 no telefone dele, aquele número é do Banco do Brasil, não de uma fraude”, afirmou Baigorri.

No entanto, o presidente ressaltou que precisa da cooperação das empresas para mudar os sistemas operacionais dos celulares.

“Hoje a gente tem um desafio, porque os aparelhos celulares precisam fazer atualizações do seu sistema operacional. Então, nós estamos dialogando com o Google, com a Apple, Android para que façam essas atualizações. Para que essa tecnologia seja, digamos assim, reconhecida pelo sistema operacional”, afirmou à reportagem.

Baigorri ainda ressaltou que, dezenas de bilhões de chamadas foram evitadas com o Não Me Perturbe, mas ainda é um bloqueio específico para um conjunto de empresas. “Só as empresas de telecomunicações e outros setores, que se não me engano, do setor bancário, aderiram ao Não Me Perturbe. Mas se você pensar em lojas do varejo e outros setores, eles não estão no Não Me Perturbe. Ele é um bloqueio para um conjunto específico de empresas, digamos assim”, ressaltou o presidente da Anatel.

A solução de autenticação de chamadas vai ajudar a evitar mais fraudes, mas o presidente da Anatel pede também atenção do usuário:

“Quando a gente começou a bloquear as fraudes por conta dessas cautelares que a gente bloqueava os usuários, eles começaram a migrar para a fraude para o SMS. Então, se você recebe um SMS dizendo que tem um pagamento no banco tal, que é para clicar em um link. Não clique. É um link fraudulento”.

*Redação com Gazeta web

Galeria de Imagens