Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Apartamento de Romário vai a leilão por dívida com ex-capitão da Seleção Brasileira

Ex-volante cobra uma dívida do hoje, Senador do Rio de Janeiro, mas leilão é anulado por conta de outra pendência no imóvel | 16:15 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 12 de junho de 2024

vv2

Reprodução/ TNTS Sports

A Justiça do Distrito Federal mandou a leilão um apartamento do ex-jogador e hoje Senador, Romário (PL), por conta de uma dívida que ele tinha com o ex-volante Dunga. Contudo, a ordem acabou sendo anulada após constatar que existem dívidas mais antigas no registro do imóvel.

O leilão estava marcado para acontecer neste mês de junho, mas o tribunal pediu para esperar para saber se ainda existia alguma pendência mais antiga no imóvel. Após a checagem, ficou constatado que existe uma penhora do apartamento do ano de 2006, realizada por processo movido pela Koncretize Projetos e Obras, que prestava serviços de estacionamento. Assim, a justiça ainda não decidiu qunado será a data do novo leilão.

Notícias relacionadas

Brasil x México: prováveis escalações, onde assistir, retrospecto e palpites

Assediado pelo Vasco, Philippe Coutinho fecha contrato de R$ 42 milhões

Renato critica ‘maioria dos clubes’ por não ajudar Grêmio e Inter e faz único elogio
O apartamento fica no bairro do Irajá, no Rio de Janeiro, e vai ser vendido com lance mínimo de R$ 230 mil. Contudo, esta briga entre Romário e Dunga é de longa data.

Afinal, em 2015, quando o ex-volante era o técnico da Seleção Brasileira, Romário fez duras críticas as convocações de Dunga. O Senador criticou as convocações e insinuou que existia favorecimento a empresários. Por conta disso, o capitão do tetracampeonato mundial , acionou a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Senado, ingressando com um processo de danos morais. Contudo, o pedido não avançou.

Já em 2018, Dunga foi à Justiça exigindo cerca de R$ 100 mil para Romário arcar com suas despesas. Apenas por conta dos advogados no processo por danos morais. O processo deu certo já que o Senador teve suas contas bloqueadas até fazer o pagamento.

*Redação com Terra/ Esportes

Galeria de Imagens