Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Em encontro com Lula, presidente global do grupo Hyundai anuncia investimentos de US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 22 de fevereiro de 2024

investimento

Geraldo Alckmin, Lula, Euisun Chung e Rui Costa (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Na manhã desta quinta-feira (22), o Palácio do Planalto recebeu o presidente-executivo global do grupo Hyundai, Euisun Chung, em uma reunião com o presidente Lula (PT). Acompanhados pelo vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), e pelo ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa (PT), os líderes discutiram investimentos, políticas industriais e energéticas, bem como a importância da sustentabilidade para o desenvolvimento do Brasil.

O encontro teve início com o vice-presidente apresentando os recentes desenvolvimentos das políticas industrial e energética brasileiras, destacando a prioridade dada à reindustrialização e à descarbonização. Em seguida, Euisun Chung delineou os planos de investimento da Hyundai no Brasil, totalizando mais de US$ 1,1 bilhão até 2032, com foco em tecnologias de veículos híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde. Chung ressaltou a criação de empregos e o estoque de investimentos da Hyundai no Brasil, realçando o papel do país como um mercado estratégico para a empresa.

O presidente Lula enfatizou a aprovação da reforma tributária e a melhoria do ambiente de investimentos, destacando a indústria automobilística como fundamental para a política de reindustrialização. “Um país estável e com futuro recebe mais investimentos. É mais uma grande empresa crescendo em nosso país”, afirmou o presidente em suas redes sociais após o evento.

Durante a reunião, Lula também abordou as perspectivas da transição energética e a liderança do Brasil em energias renováveis, além de mencionar iniciativas educacionais como o programa Pé de Meia, destinado a combater a evasão escolar.

O ministro Rui Costa ressaltou o compromisso do Brasil com a sustentabilidade e a transição energética, destacando o interesse em expandir a produção de caminhões, veículos de carga e desenvolver o setor ferroviário. Ele enfatizou o crescimento da produção de energia no país, salientando o papel das energias renováveis nesse processo.

Chung destacou a convergência de prioridades entre a Hyundai e o governo brasileiro, especialmente nas áreas de transição energética e educação. Ele mencionou os investimentos da empresa em programas de responsabilidade social e expressou apoio ao Brasil na presidência do G20.

O presidente Lula manifestou interesse em uma reunião bilateral de alto nível entre Brasil e Coreia do Sul durante o G20, enfatizando as diretrizes da presidência brasileira do grupo, incluindo a reforma da governança global, a inclusão social e a agenda da sustentabilidade e mudança climática.

Redação com Brasil 247

Galeria de Imagens