Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Lava Jato: “inventamos uma forma de combate à corrupção, mas os combatentes gostavam muito de dinheiro”, diz Gilmar Mendes

"É o caso de Sergio Moro e seus colegas que inventaram essas fundações e buscaram se apropriar como se estivessem remunerando-se pelo fato de terem combatido a corrupção", disse

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de junho de 2024

Brasil 4

Gilmar Mendes e Sergio Moro (Foto: Reprodução | ABR)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes fez duras críticas ao ex-juiz suspeito e atual senador Sergio Moro (União Brasil-PR) durante uma entrevista à CNN Portugal nesta segunda-feira (24). Mendes questionou a abordagem adotada pelo Brasil no combate à corrupção e destacou que a estratégia adotada pela Operação Lava Jato falhou.

“No Brasil a gente inventou uma forma de combate à corrupção, mas os combatentes gostavam também muito de dinheiro. É o caso de Sergio Moro e seus colegas que inventaram essas fundações e buscaram se apropriar como se estivessem remunerando-se pelo fato de terem combatido a corrupção, isso foi extremamente negativo”, disse o ministro na entrevista.

“É o caso de Sergio Moro e seus colegas, que inventaram essas fundações e buscaram se apropriar, como se estivessem remunerando-se pelo fato de terem combatido a corrupção. Isso foi extremamente negativo”, completou. A referência às fundações diz respeito à criação de entidades privadas para gerir recursos derivados de acordos de delação premiada, prática que tem sido alvo de críticas devido a possíveis conflitos de interesse.

Gilmar Mendes está em Portugal para participar do 12º Fórum Jurídico de Lisboa, evento que ocorre de 26 a 28 de junho na capital portuguesa. O fórum reúne diversas autoridades dos Três Poderes brasileiros e oferece um espaço de debate sobre temas jurídicos e políticos de relevância internacional, sendo o ministro um dos anfitriões do evento.

Redaçâo com Brasil 247


Galeria de Imagens