Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Palmeiras busca virada contra o Mirassol e assume topo do Paulistão

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de fevereiro de 2024

Palmeiras

Reprodução/Palmeiras

O Palmeiras venceu o Mirassol neste sábado, na Arena Barueri, pelo placar de 3 a 1. O time até saiu em desvantagem, mas contou com gols de Aníbal Moreno (o primeiro dele pela equipe), Raphael Veiga e Breno Lopes para arrancar a virada e assumir de forma momentânea a ponta da classificação geral do Campeonato Paulista.

Agora, o Alviverde soma 21 pontos na tabela e ultrapassou o Santos, que tem 19. O Peixe, porém, entra em campo no domingo, diante do São Bernardo, e pode retomar a liderança. O Verdão tem um jogo a menos.

No topo do Grupo B, o Palmeiras também pode garantir a classificação antecipada ao mata-mata ainda nesta rodada. Para isso, baste que a Ponte Preta tropece contra o Corinthians, neste domingo, em Itaquera.

Único invicto do Estadual, o Verdão retorna a campo na quarta-feira para enfrentar a Portuguesa, pela 11ª rodada do torneio. A bola rola a partir das 19h30 (de Brasília), no Canindé.

O jogo

Logo com dois minutos de jogo, o Palmeiras levou perigo ao gol defendido por Muralha. O time cobrou lateral dentro da área, Zé Rafael ajeitou para Veiga, que chegou chutando, mas foi travado pelo marcador. O meia do Alviverde caiu e pediu pênalti, mas a árbitra mandou seguir.

Já aos quatro, após boa trama, Aníbal Moreno encontrou Veiga, que apenas ajeitou para Endrick bater de longe, mas Muralha defendeu em dois tempos. Aos 14, o Mirassol abriu o placar com Rodrigo Ferreira. O ala se antecipou após a cobrança de escanteio de Chico e cabeceou firme, sem chances para Weverton: 1 a 0.

O goleiro do Verdão precisou trabalhar dois minutos depois para impedir o 2 a 0. Dellatorre apareceu sem marcação na segunda trave e, após cruzamento, testou a bola para o chão, mas Weverton fez grande defesa.

O Palmeiras enfim chegou ao empate aos 24 minutos. Após um cruzamento rebatido por Muralha, Ríos tocou para o zagueiro Luan, que cruzou com perfeição para Aníbal Moreno. O argentino desviou de cabeça e deixou tudo igual em Barueri.

A reta final do primeiro tempo foi movimentada. Aos 27, Rodrigo Ferreira tentou recuar de peito para Muralha, mas vacilou e viu a bola ficar viva na área. Ela sobrou com Flaco López, que bateu para o gol, mas o goleiro apareceu para defender. Aos 33, foi a vez de Weverton intervir em finalização de Fernandinho, em um contra-ataque.

Com 36 minutos, Endrick tabelou com Veiga, invadiu a área, mas pegou fraco na bola. Um minuto depois, o Mirassol respondeu com Fernandinho. O atacante partiu em velocidade contra Marcos Rocha e Luan, chutou colocado e viu a bola passar à esquerda do gol de Weverton. O arqueiro ainda espalmou uma falta cobrada por Chico, aos 42.

Nos minutos finais, ainda deu tempo de Marcos Rocha quase virar para o Palmeiras. Endrick acertou um lindo passe para o lateral, que saiu de frente com Muralha, mas o goleiro fechou bem o ângulo e não deu espaço para o chute.

Segundo tempo

O Mirassol teve boa oportunidade para ficar em vantagem no início do segundo tempo. Aos sete minutos, Dellatorre se devencilhou da marcação e finalizou com perigo, à direita de Weverton.

Pouco depois, aos 11, Flaco López recebeu lançamento de Richard Ríos e carregou até a área, mas foi derrubado pelo zagueiro Lucas Gazal. A árbitra não hesitou e assinou o pênalti a favor do Palmeiras. Na cobrança, Veiga bateu firme no canto esquerdo e virou o marcador.

Redação com Gazeta Esportiva

Galeria de Imagens