Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Pressionado por dividendos, Prates se reúne com Lula nesta segunda-feira

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 11 de março de 2024

vv3

Rodrigo Viana/ Agência Senado/AF

Por: André Lucena

Em meio ao anúncio, feito na semana passada, de que iria distribuir dividendos aos investidores em valores menores em relação aos últimos anos, a Petrobras passa por discussões internas sobre o tema.

Nesta segunda-feira 11, por exemplo, o presidente da companhia, Jean Paul Prates, vai se encontrar com o presidente Lula (PT), em Brasília (DF). Ambos devem tratar da decisão da Petrobras de adiar a distribuição de dividendos extraordinários aos acionistas.

Graças a uma mudança feita no ano passado, a Petrobras reduziu o percentual do fluxo de caixa livre que distribuía aos acionistas. Dos 60% que estavam vigentes desde 2011, o percentual caiu para 45%.

Dessa forma, a companhia confirmou que distribuirá 14,2 bilhões de reais em dividendos para o último trimestre do ano passado. O montante é abaixo do que esperava o mercado, o que fez a petroleira perder 55,3 bilhões de reais em valor de mercado na última sexta-feira 8.

Prates garante que não partiu de Lula nenhuma decisão sobre a mudança na política de dividendos.

“O presidente não deu nenhuma ordem sobre a questão dos dividendos. Nós estamos discutindo isso com o acionista majoritário, dentro dos espaço possíveis. Houve uma discussão a tempo do anúncio do balanço, havia necessidade de fechar o balanço. E foi definido que a gente adiaria a discussão”, disse Prates, em entrevista publicada hoje pelo portal G1.

*Redação com Carta Capital

Galeria de Imagens