Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Pressões aumentam contra Biden para deter ‘a matança de inocentes’ em Gaza

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 4 de março de 2024

vv2

AP Photo / Miriam Alster

Embora historicamente a Casa Branca tenha sido um dos maiores aliados de Tel Aviv, a guerra em Gaza deixou claro que nem todos nos altos círculos de poder americano concordam com o apoio dado por Washington a Israel.

“Dê um fim a esta matança de inocentes. A situação médica no local é horrível, horrível”, disse Dick Durbin, líder da maioria do Senado norte-americano, à CNN.

As pressões contra Biden ocorrem em momentos chave das negociações entre Israel e o movimento palestino Hamas sobre um cessar-fogo temporário.

Uma delegação do Hamas chegou à cidade do Cairo em 3 de março para discutir um possível cessar-fogo temporário e um acordo sobre troca de reféns por prisioneiros palestinos.

Em resposta à pressão política interna exercida contra o governo de Biden para que freie a violência no enclave palestino, forças dos EUA e da Jordânia lançaram em 2 de março cerca de 38 mil rações de comida do ar ao longo da costa de Gaza.

Nesse sentido, Durbin assegurou que os lançamentos são necessários para apoiar os civis, mas não são a solução para nenhum problema se realmente se quer acabar com o conflito.

“Eu apoio a ideia dos lançamentos aéreos, mas isso não vai resolver o problema. [Portanto, precisamos] promover o cessar-fogo e a resposta humanitária o mais rápido possível”, comentou.

*Redação com Brasil 247

Galeria de Imagens