Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Robinho completa 90 dias na prisão em mês histórico na carreira

Prisão | 11:20 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 21 de junho de 2024

vv2

(crédito: Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)

Junho de 2006: Robinho entrava em campo com a camisa da Seleção Brasileira pela primeira vez em uma Copa do Mundo. Junho de 2024: 18 anos depois, o mesmo Robinho – mais experiente e com mais problemas – está preso e condenado por estupro coletivo. Esse mês é, portanto, histórico na vida de Robson de Souza, mas a realidade atual é de estar em reclusão por três meses.

Robinho foi preso no dia 21 de março, em sua cobertura onde morava com a família, em Santos. O ex-atleta foi condenado a nove anos de prisão pelo crime de estupro coletivo, cometido contra uma mulher albanesa, em uma boate na Itália, em 2013. A Justiça italiana solicitou a prisão do ex-jogador no Brasil. Após muito debate, a decisão foi pelo cumprimento da pena em terras brasileiras.

Desde então Robinho vive no presídio Tremembé 2 – conhecido também por receber presos famosos. Ele divide o espaço com outro homem e tem se adaptado bem à vida na cadeia. Atualmente, faz cursos, participa de grupos de leitura – para ajudar a diminuir a pena – realiza atividades físicas e joga bola – às vezes, no time com camisa, em outras do grupo sem. A família do ex-jogador levou a chuteira. O campo é de terra.

Mesmo mês, momentos diferentes

A realidade muito diferente daquela do dia 13 de junho de 2006. Afinal, no Estádio Olímpico de Berlim, na Alemanha, o atleta entrou em campo aos 24 minutos do segundo tempo, na vaga de Ronaldo Fenômeno. Aquele jogo terminou 1 a 0 para o Brasil, placar apertado, com gol de Kaká, com um belo chute.

Na ocasião, além da Seleção Brasileira, Robinho desfilava seu futebol pelo Real Madrid, na Espanha. Ele tinha, afinal, se transferido para o clube europeu recentemente, após sair do Santos.

*Redação com IG

Galeria de Imagens