Anadia/AL

13 de junho de 2024

Anadia/AL, 13 de junho de 2024

AALA Academia Anadiense de Letras e Artes realiza audiência pública

A Audiência foi realiza na Sede do SINFMAN - Anadia.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 12 de maio de 2024

AALA 1

Ex. Prefeito, vice prefeito atual, vereadores, secretária, professores, advogados e membros da Academia Anadiense de Letras - AALA - Foto: Crysthyan Carlosv

Por Crysthyan Carlos

Nesta Sexta Feira – 10 de Maio de 2024 às 10:00, a câmara de vereadores de Anadia, juntamente com a Academia Anadiense de letras e Artes – AALA, realizaram uma audiência pública com o assunto referente ao destino do imobiliário da Sociedade beneficente e recreativa de Anadia – SOBRA.

Em Suas palavras o presidente da AALA  ( Academia Anadiense de Letras e Artes ), Ronaldo Carlos falou: ‘’Nosso pleito é para que não apenas tenha participação do poder público através da convocação pela câmara, mas para que também haja participação da comunidade e com isso possamos discutir algumas ideias e chegarmos ao denominador comum’’.

Sendo um dos principais questionamentos: Como poderíamos aproveitar o prédio da Sobra – (Sociedade Beneficente e Recreativa de Anadia), já que o mesmo encontra – se abandonado há muito tempo, além disso não sendo possível verificar a estrutura interna do prédio.

Em suas palavras, Sabino fidelis um dos membros da Academia Anadiense de Letras e Artes, ressaltou a fundação da SOBRA ” A fundação da Sobra foi uma luta de paradigmas pois através dos esforços e da união de seus membros e sem a utilização de dinheiro público, foi construída.

Participaram da audiência; membros da AALA, Ronaldo Carlos ( Presidente ), Sabino Fidélis, Secretário Geraldo de Majella, Adélia Magalhães, Yolanda Soares Silva. Ex. Prefeito Paulo Dâmaso, Vice Prefeito atual, Amós Rocha, Vereadores; Raymi Barros, Pedro Dâmaso, Dímas Almeida, Nara Pedrosa e Henrique do Nel, secretária de administração, Nara Rocha, secretário da câmara municipal, Jailson dos Anjos, advogado, Klenaldo Oliveira, Professor, Osvaldo Chagas, Radialistas, Crysthyan Carlos e Carlos Alberto e demais pessoas da sociedade civil anadiense.


Presidente da AALA – Ronaldo Carlos abriu a reunião com o uso da palavra pontuando vários fatos do tema discutido, A SOBRA – Anadia. Imagem Vídeo Cryathyan Carlos


O escritor Anadiense Sabino Fidélis também falou sobre a história da SOBRA – Foto: Crysthyan Carlos


Em suas palavras, a escritora Yolanda Soares falou da sartisfação e orgulho de pertencer a Academia Anadiense de Letras e Artes – AALA – Foto: Crysthyan Carlos


Advogado Klenaldo Oliveira, fala de como deve ser feito para adquirir o espaço do terreno da SOBRA. Foto: Crysthyan Carlos


Os Participantes que se fizeram presentes na reunião –  Audiência Pública – Foto: Crysthyan Carlos


Na parte da tarde os escritores membros da AALA – Ronaldo Carlos, Geraldo de Majella e Sabino Fidélis, participaram da reunião ordinária da Câmara de Vereadores de Anadia e usaram das palavras com relação a possível absolvição do terreno da antiga SOBRA por parte da AALA. Os mesmos, tiveram apoio total do legislativo municipal – Foto: Crysthyan Carlos.

O QUE É A SOBRA?

Em Anadia (AL), existia apenas um clube social: a Associação Recreativa e Cultural de Anadia (ARCA). Mas, no dia 1º de janeiro de 1965, foi fundada a Sociedade Beneficente e Recreativa de Anadia (SOBRA).

A Sociedade Recreativa e Beneficente de Anadia (Sobra) decorre de uma iniciativa do fotógrafo Eurico Farias e do carpinteiro e músico Adelmo Bento, que certo dia foram impedidos de participar de uma festa na ARCA pelo fato de serem negros. “O meu pai ‒ relata Olga Chagas, filha de Eurico ‒, conversando com outras pessoas amigas que também tinham sido barradas em bailes e festas na ARCA, começou a trabalhar na organização de uma sociedade em que todos pudessem se divertir. Desses encontros surgiu o nome, Sobra”. A ideia do clube surge da discriminação, do racismo.

ABN – Alagoas Brasil Notícia

Galeria de Imagens