Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Ação resulta na prisão de 3 e na morte de suspeito de liderar tráfico

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 28 de fevereiro de 2024

vv2

2ºBPM

Por: Matheus Bomfim

Uma operação policial coordenada pelo 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) prendeu, nessa terça-feira (27), em Murici, 3 acusados de crimes após uma troca de tiros, que, inclusive, deixou dois feridos e um morto, sendo este o líder do tráfico na região. Outro envolvido no tiroteio chegou a fugir, mas a polícia conseguiu capturá-lo no dia de ontem.

A ação se deu no Conjunto Pedro Tenório Raposo. A PM tinha o objetivo de conter uma tentativa de homicídio e desarticular o
grupo criminoso, acusado de homicídios, roubos, tráfico e prostituição infantil.

Segundo informações da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPA) de Murici, a vítima – identificada como “Robinho” – apontou o atirador como sendo Ricardo Lopes dos Santos, conhecido como um dos líderes do tráfico local, acompanhado por outros três indivíduos em um Fiat Uno Vivace prata.

Os integrantes da corporação, após receberem a denúncia, iniciaram uma operação de inteligência para localizar os suspeitos. Após um intenso cerco e troca de tiros, três indivíduos foram vistos tentando se evadir pelas margens do Rio Mundaú, onde um deles foi baleado e, posteriormente, veio a óbito no hospital devido aos ferimentos.

Operação resulta em morte de líder do tráfico e prisão de comparsas – Foto: 2ºBPM

Durante a operação, foram apreendidos diversos materiais ilícitos, incluindo armas de fogo, munições, drogas e dinheiro em espécie, demonstrando a extensão das atividades criminosas dos envolvidos.

De acordo com a polícia, os suspeitos, além de serem responsáveis por crimes de tráfico de drogas e tentativa de homicídio, são conhecidos por envolvimento em diversos homicídios, prostituição infantil e assaltos na região, causando temor na população local.

A ação contou com a participação de diversos profissionais, incluindo o Comandante do 2º BPM, o Subcomandante do 2º BPM, o CISP Murici, o Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), o Oficial de Operações e a equipe de Inteligência do 2º BPM, que desempenharam um papel fundamental na condução da operação e na prisão dos suspeitos.

*Redação com Gazeta web

Galeria de Imagens