Anadia/AL

18 de junho de 2024

Anadia/AL, 18 de junho de 2024

Alagoana é uma das vítimas fatais de tombamento de ônibus no Vale do Jequitinhonha

Veículo fazia o transporte clandestino de pessoas.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de abril de 2024

Esporte

Alagoana é uma das vítimas fatais de acidente no Vale do Jequitinhonha - Foto: Reprodução

👁️‍🗨️Erick Balbino

No último sábado (27), um grave acidente foi registrado em um trecho da trecho da BR-116, situado no Vale do Jequitinhonha, no estado de Minas Gerais, deixando pelo menos quatro mortos mais de 30 feridos. Entre os envolvidos está a alagoana Giselda Marques dos Santos, de 52 anos, natural do município de Murici, interior de Alagoas, figura entre as vítimas fatais.

O acidente, que resultou em quatro mortos e 32 feridos, ocorreu quando um ônibus de turismo, partindo de Caruaru, em Pernambuco, com destino à capital paulista, tombou inesperadamente. A viagem, prevista para durar 34 horas, foi abruptamente interrompida após apenas 17 horas de embarque.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do veículo perdeu o controle da direção, ocasionando o trágico incidente. O ônibus atingiu uma mureta de proteção à margem da via, chocou-se contra o acostamento e tombou na pista. O local do ocorrido é conhecido localmente como “curva da morte”, devido ao perigo.

Além de Giselda Marques dos Santos, outras três vidas foram perdidas no acidente: Severina Gomes de Oliveira, 70 anos, natural do Rio de Janeiro (RJ); Mauro Sérgio da Silva, 42 anos, originário de Capoeiras, em Pernambuco; e Maria Amanda Menezes da Silva, 29 anos, natural de Águas Belas, também em Pernambuco.

As autoridades competentes, incluindo a Polícia Civil, já estão empenhadas na investigação das causas que levaram ao trágico tombamento. O motorista do ônibus, juntamente com testemunhas, será ouvido nos próximos dias.

7 Segundos

Galeria de Imagens