Anadia/AL

22 de julho de 2024

Anadia/AL, 22 de julho de 2024

ASA e CSE se enfrentam no clássico em busca dos mesmos objetivos

Uma vitória no confronto entre rivais pode ser crucial na tabela de classificação da Série D.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 6 de julho de 2024

Esportes

ASA e CSE chegam para o clássico com objetivos no Estádio Coaracy da Mata Fonseca - Foto: Ailton Cruz / Gazeta

ASA e CSE se enfrentam neste domingo (07), no clássico alagoano em um duelo decisivo pela busca da classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo reserva decisões importantes. Uma vitória no confronto entre rivais pode ser crucial na tabela de classificação.

As equipes vêm de derrotas para os times baianos no meio de semana. O CSE recebeu o Juazeirense na quarta-feira, em Palmeira dos Índios e foi derrotado por 1 a 0. O ASA visitou o Jacuipense um dia depois e também foi derrotado pelo mesmo placar, em Salvador.

O clima é de pressão, rivalidade e uma disputa direta para se firmar no G-4 da competição. O CSE é o 4º colocado do Grupo A-4, com 15 pontos, mesmo número em relação ao ASA, 6º colocado. Os rivais estão separados na tabela apenas pelo critério de saldo de gols.

A partida marca o jogo de volta no clássico de maior rivalidade do futebol alagoano. O jogo de ida pela 3ª rodada da competição, terminou empatado em 1 a 1, no Estádio Juca Sampaio.

O Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, será palco deste domingo. A partida está marcada para às 17h. Para o clássico, não existe favorito, independente dos resultados anteriores e deve ser decido nos detalhes.

Como vêm as equipes?

O ASA não vai poder contar com o zagueiro Jan Pieter e o atacante Keliton, ambos punidos o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Jacuipense. Edilson e Roni Lobo são as opções para as vagas.

Com isso, o técnico Ranielle Ribeiro deve mandar a campo: Bruno Pianissola, Hitalo Rogério, Roni Lobo, Wescley, Kleiton e Gabriel; Allef, Didira, Paulinho, Grafite e Júnior Viçosa.

Pelo lado do CSE, o técnico Leandro Campos, não conta com atacante Geovânio, que fica de fora do clássico por ter sido e expulso contra o Juazeirense. Em compensação, conta com a volta do volante Felipe que cumpriu suspenção na última partida.

Os volantes Trindade e Claudevan estão entregues ao departamento médico e ainda são dúvidas. O volante Tenner- que foi reintegrado ao elenco está à disposição do treinador.

Assim, veja uma provável formação do CSE: Pedro Campanelli, Talles, Geovani, Dedé Baiano, Felipe e Felipe Ramon; Matheus Rosas, Luiz Fernando, Edinho, Táta Baiano e Índio.

Arbitragem

Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (MG)

Assistente-1: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)

Assistente-2: Widcir Santana de Oliveira (AL)

Quarto Árbitro: Jonata de Souza Gouveia (AL).

Redação Com Todo Segundo

Galeria de Imagens