Anadia/AL

22 de junho de 2024

Anadia/AL, 22 de junho de 2024

Comitiva brasileira vai aos EUA discutir embate de Musk com Moraes

Grupo liderado pela senadora Eliziane Gama (PSD-MA) se encontrará na semana que vem com congressistas norte-americanos | 16:27 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 24 de abril de 2024

vv1

Louis Velazquez/ Unsplash

Uma comitiva de congressistas brasileiros estará na próxima semana nos EUA para discutir ataques à democracia nos 2 países com políticos norte-americanos envolvidos na investigação da invasão ao Capitólio, em 2021. O grupo é liderado pela senadora Eliziane Gama (PSD-MA). 

Os embates entre o dono do X (ex-Twitter), Elon Musk, e o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes estão “na ordem do dia”, apesar de não ser o tema central da viagem, disse a senadora ao jornal Folha de S.Paulo. 

Quando falamos do caso do Elon Musk, estamos tratando de democracia, respeito ao processo democrático, inclusive interno ao país. Temos um inquérito muito grande que já condenou várias pessoas e outros tramitando, e todos eles têm de alguma forma relação com fake news, com uma tentativa de banalização das redes sociais”, afirmou a senadora.

Além de Eliziane Gama, integram a delegação o senador Humberto Costa (PT-PE) e os deputados Pastor Henrique Vieira (Psol-RJ), Rafael Brito (MDB-AL), Rogério Correia (PT-MG) e Jandira Feghali (PC do B-RJ).

Conforme a publicação, o grupo deve ficar nos EUA de 29 de abril a 2 de maio. A viagem foi organizada e será paga pelo Instituto Vladimir Herzog. 

Uma das pessoas com quem os congressistas brasileiros devem se reunir é o deputado norte-americano Jamie Raskin (Maryland), do Partido Democrata. Ele faz parte do comitê da Câmara dos Deputados dos EUA que investigou a invasão do Capitólio, sede do Congresso norte-americano, em 6 de janeiro de 2021. O democrata ainda foi líder da acusação no 2º processo de impeachment contra o ex-presidente dos EUA Donald Trump.

A ideia agora é fazer um debate aprofundado, que pode levar a bons resultados em relação ao fortalecimento da democracia e o combate às fake news”, disse Eliziane. Ela foi relatora da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou a invasão às sedes dos Três Poderes em Brasília, em 8 de janeiro de 2023. 

Ao jornal, a senadora reconheceu a semelhança entre os 2 episódios, mas afirmou que o Brasil “caminhou um pouquinho mais” na investigação e responsabilização dos envolvidos. Ela citou a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o que não ocorreu com Trump. 

Não está confirmado, mas estão sendo organizados encontros com líderes democratas, como o senador Bernie Sanders (Vermont) e os deputados Alexandria Ocasio-Cortez (Nova York), Susan Wild (Pensilvânia), Jim McGovern (Massachusetts), Sydney Kamlager-Dove (Califórnia), Joaquin Castro (Texas), Cori Bush (Misoo e Chuy Garcia.

*Redação com Poder 360

Galeria de Imagens