Anadia/AL

14 de junho de 2024

Anadia/AL, 14 de junho de 2024

Conselho relata a ministra Cida Gonçalves casos de abusos contra meninas e mulheres em abrigos no Rio Grande do Sul

Ministra das Mulheres disse que organizará uma "ida de imediato" para visitar os abrigos e que fará uma reunião para definir ações e um protocolo que trabalhe com recorte de gênero | 17:03 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 8 de maio de 2024

vv1

Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, ouviu de representantes do Conselho Estadual de Mulheres do Rio Grande do Sul relatos de abusos contra meninas e mulheres em abrigos destinados aos atingidos pelas enchentes que assolam o estado gaúcho.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o encontro contou com a participação de cerca de 40 pessoas, incluindo representantes de movimentos como o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher,Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e a Rede Nacional de Mulheres Negras no Combate à Violência, além de parlamentares.

Entre os relatos de abusos, os participantes enfatizaram a falta de canais adequados para denunciar tais casos e pediram a implementação de abrigos exclusivos para mulheres, assim como banheiros separados, além de solicitar doações de itens essenciais, como absorventes, toalhas, roupas de cama, alimentos não perecíveis e colchões.

Em resposta, de acordo com a reportagem, “a ministra disse que vai organizar uma ida de imediato do ministério ao Rio Grande do Sul e uma visita aos abrigos. Nesta quarta-feira (8), fará uma reunião com sua equipe para pensar num grupo de pessoas que ajude no local nas demandas e trabalhe no protocolo com recorte de gênero”.

Para dar continuidade às ações, está prevista uma reunião na quinta-feira (9) com as secretarias estaduais para discutir a situação no Rio Grande do Sul e propor uma operação conjunta para auxiliar o estado.

*Redação com Brasil 247

Galeria de Imagens