Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

CRB vence Athletic se classifica para a 3ª fase da Copa do Brasil: 2 a 0

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 12 de março de 2024

Esportes

Anselmo Ramon comemora o gol do CRB | Foto: Ailton Cruz

Por Fernanda Medeiros

O CRB está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil! Isso mesmo. O Galo entrou em campo na noite desta terça-feira (12), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e não teve dificuldade para vencer – e eliminar – o Athletic, por 2 a 0, em confronto decisivo e eletrizante pela competição nacional.

Por ter chegado à fase anterior, o time regatiano já havia angariado mais de R$ 2,7 milhões em premiação e, com mais este avanço, esta noite, o Galo terá em seus cofres mais R$ 2,2 milhões.

Os gols regatianos, que deram a classificação ao Regatas, foram assinalados por Anselmo Ramon, no primeiro tempo; e por Gegê, na segunda etapa.

O CRB agora vai cuidar da semifinal do Campeonato Alagoano, onde no próximo sábado (16), no mesmo Rei Pelé, encara o Murici, às 16 horas, pelo jogo de volta da competição estadual.

Anselmo Ramon fez o gol do CRB
Anselmo Ramon fez o gol do CRB | Foto: Ailton Cruz

1º Tempo

O CRB começou o jogo com a torcida pedindo um pênalti, quando, aos 2 minutos, Gegê disputou a bola dentro da área alvinegra e caiu, mas, em cima do lance, o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 5min, o Athletic respondeu em cobrança de escanteio. Douglas Pelé bateu fechado, Matheus Albino afastou, a bola bateu na própria defesa regatiana e o goleiro tirou em cima da linha.

O Galo estava tentando o gol e aos 6 minutos, Léo Pereira mandou um chutão forte e rasteiro, mas o goleiro Jefferson tirou com o pé. Dessa vez não saiu o tento regatiano. Mas, aos 13 minutos, ele veio. Hereda soltou uma pancada do meio da rua, Jefferson deu rebote e ele, Anselmo Ramon, sozinho, só fez mandar uma bomba para o gol: 1 a 0, levantando a torcida no Rei Pelé.

Os jogadores do Athletic ainda pressionaram o árbitro assistente, pedindo impedimento, mas o gol regatiano foi validado. Aos 17min, foi a vez de o time mineiro tentar o seu gol: Wallison pegou uma sobra na área do CRB e bateu forte, no cantinho direito, mas Matheus Albino fez uma grande defesa, espalmando para escanteio.

O CRB não descansou, mesmo depois que fez o gol, seguia mais intenso, enquanto o Athletic parecia que tinha se descontrolado após levar o gol. E o jogo passava dos 20 minutos. Aos 21 minutos, o Galo chegou bem. Léo Pereira chegou à linha de fundo, cruzou voltando e Anselmo Ramon finalizou, mas foi por cima do gol de Jefferson.

Aos 28min, de novo o CRB e com Anselmo Ramon: Gegê cobrou o escanteio, mandando a bola na primeira trave, Falcão deu um toquinho para trás e o camisa 9 regatiano cabeceou, mas por cima do gol. O Galo seguia muito melhor em campo, com o duelo passando dos 35 minutos, tentando o segundo gol. Aos 38min, o time mineiro teve uma falta a cobrar. Robert mandou na área, mas a bola foi por baixo e a defesa regatiana tirou, sem problema.

Na reta final do 1º tempo, o Galo se segurou mais, diminuiu o ritmo, mas controlava muito bem a partida. Aos 42min, Saimon esticou para Léo Pereira, que dominou, mas o assistente Luiz Cláudio Regazone levantou a bandeira, assinalando o impedimento. O árbitro deu 4 minutos de acréscimos e, aos 49 minutos, a etapa inicial foi encerrada.

Jogadores festejam o gol de Gegê, o segundo do CRB
Jogadores festejam o gol de Gegê, o segundo do CRB | Foto: Ailton Cruz

2º Tempo

O time alagoano começou o segundo tempo com a mesma intensidade que iniciou a primeira etapa. Aos 3 minutos, após bobeira de Yuri, Rômulo ficou com a bola, entrou na área, deixou o goleiro Jefferson para trás, mas demorou a finalizar e acabou desarmado pela zaga do Athletic.

E não demorou para o Galo fazer o segundo gol. Aos 6 minutos, Anselmo Ramon esticou para Léo Pereira, que se mandou em velocidade, livre, deu uma assistência para Gegê apenas mandar no canto esquerdo de Jefferson, ampliando o placar: 2 a 0.

Aos 14min, de novo o Galo tentou. Gegê mandou a bola na marca do pênalti, a defesa mineira afastou de cabeça e, na sequência, Léo Pereira cometeu uma falta pelo alto e o árbitro assinalou. O jogo passava dos 20 minutos e os dois técnicos já tinham efetuado mudanças em suas respectivas escalações.

O Athletic teve uma chance aos 24 minutos. Alason recebeu um bom passe de Yuri, mandou um chutaço, de perna esquerda, mas viu Matheus Albino saltar para espalmar para escanteio, operando um milagre e salvando o CRB. Aos 29min, Léo Pereira cruza da direita, Anselmo Ramon surgiu na área e cabeceou com perigo, vendo a bola tirar tinta da trave.

A partida se encaminhava para os 30 minutos e o técnico Roger Silva, do time mineiro, já tinha feito as cinco substituições na equipe que, aos 31 minutos, quase conseguiu diminuir o placar. Yuri recebeu na ponta esquerda, invadiu a área e bateu rasteiro, mas a bola tocou na rede pelo lado de fora.

Aos 33min, de novo o Athletic chegou de novo. Yuri fez o cruzamento, Daniel Amorim apareceu na área e cabeceou com força, mas a bola foi para fora, após passar muito perto do gol do CRB. Chegando aos 40 minutos, o Galo trocava passes, valorizando a vitória parcial.

O CRB ainda tentou aos 41min. Caio César recebeu o passe de Jorginho, na frente da área adversária, tentou tabelar com Matheus Ribeiro, que não entendeu a jogada e deixou a bola sair pela linha de fundo. O árbitro deu 6min de acréscimos e, sem tempo para nada, aos 51′ o jogo foi finalizado, com a vitória e a classificação do CRB sacramentadas.

Ficha Técnica

CRB – Matheus Albino; Hereda (Matheus Ribeiro), Fábio Alemão, Saimon e Willian Formiga; Falcão (João Pedro), Rômulo (Caio César) e Gegê; Mike (Jorginho), Léo Pereira e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Athletic – Jefferson; Douglas Pelé, Danilo (David Braga), Edson (Léo Cruz) e Yuri; Diego Fumaça, Walisson (Robinho) e Robert; Welinton Torrão (Alason Carioca), Rafael Conceição e Jonathas (Daniel Amorim). Técnico: Roger Silva.

Árbitro – Yuri Elino Ferreira da Cruz (CBF/RJ).

Assistentes – Luiz Cláudio Regazone (CBF/RJ) e Fabiana Nóbrega Pitta (CBF/RJ).

Quarto árbitro – José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (CBF/AL).

Redação com Gazeta Web

Galeria de Imagens