Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

CRB vence Cruzeiro e garante classificação antecipada no Alagoano

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 18 de fevereiro de 2024

crb

Ailton Cruz

Por Guilherme Nobre

O CRB está classificado para as semifinais do Campeonato Alagoano. Neste domingo (18), com um time recheado de reservas, os regatianos derrotaram o Cruzeiro de Arapiraca por 1 a 0, no Estádio Rei Pelé. Com isso, após o fechamento da 5ª rodada do Estadual, o Galo não pode ser alcançado por ninguém que está fora do G4.

O gol solitário foi marcado pelo garoto Kelvin, já no segundo tempo.

Com 13 pontos conquistados, o clube regatiano é o ainda é o líder disparado do Estadual. Como o 5º colocado é o CSE e ele possui seis pontos, é impossível o CRB deixar o G4 até o fim da primeira fase. Já o Cruzeiro está ainda mais perto do rebaixamento. Ainda com zero pontos, o Estrelado está a uma derrota da queda.

O CRB mudará o foco, pois neste meio de semana entra em campo pela 1ª fase da Copa do Brasil. O desafio será no Estádio Florestão, no Acre, onde o Galo enfrenta o Rio Branco, a partir das 21h30 (horário de Brasília). O Cruzeiro terá compromisso na Copa Alagoas, visitando o Aliança, no Estádio Orlandão, às 15h15.

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo com uma equipe alternativa, o CRB começou melhor a partida, no campo de ataque. A bola foi cruzada, mas a defesa do Cruzeiro cortou. Na sobra, Vitinho dominou e bateu cruzado e a redonda passou rente a trave esquerda, aos 3 minutos.

O susto ligou o alerta, mas não fez com que o Cruzeiro saísse mais para o ataque. O CRB seguiu contendo a posse de bola e pisando muito no campo ofensivo. O problema eram as jogadas, que não funcionavam com frequência. Com 17 minutos, Cauã tocou para Labandeira, que arriscou mal.

Partida começou muito lenta no Rei Pelé – Foto: Ailton Cruz

O duelo ficou morno durante bons minutos do primeiro tempo, com pouca criatividade da equipe regatiana. Com 25 minutos, os problemas de Daniel Paulista aumentaram, quando o jovem Cauã Santos sentiu uma lesão e precisou ser substituído por Dentinho.

O Cruzeiro até tentou sair em determinados momentos. Porém, a falta de qualidade técnica e os passes errados pesaram contra. Em uma das poucas chegadas da primeira etapa, Matheus Ribeiro ficou com a sobra de bola aos 34 minutos. O problema foi o chute torto, que impediu uma boa conclusão.

A melhor chance da primeira etapa foi aos 38min. Matheus cruzou pela direita e Vitinho apareceu livre, finalizando forte para uma boa defesa de Jerfesson. Com 45 minutos, nova chance. Díaz recebeu na área, sem goleiro, mas em cima do lateral Digão, que salvou o Estrelado para fechar o primeiro tempo.

CRB tentou ser mais ofensivo na primeira etapa – Foto: Ailton Cruz

SEGUNDO TEMPO

Com poucas opções, o CRB retornou sem mexidas e até chegou ao gol do Cruzeiro, mas com poucas jogadas trabalhadas. O Estrelado assustou aos 5min, após cruzamento perigoso, que passou na frente do goleiro Vitor Caetano e saiu pela linha de fundo. Com 6min, Matheus Ribeiro isolou mais uma, após chute de fora.

Em ritmo lento, as equipes estavam sonolentas no duelo. Com 13 minutos, Labandeira avançou pelo lado direito e dividiu com Digão, que cortou a bola e quase fez contra.

Parecia que o emabte não iria melhorar. Porém, finalmente o CRB encontrou um espaço na defesa cruzeirense. Com 23 minutos, Matheus Ribeiro teve liberdade e colocou a bola na cabeça do garoto Kelvin, que tirou de Jerfesson e abriu o placar no Trapichão.

Kelvin fez pelo alto e colocou o CRB na frente – Foto: Ailton Cruz

O gol deixou os ânimos regatianos mais tranquilos e praticamente selou as chances do Cruzeiro, que já aconteciam com baixa frequência. Aproveitando-se do resultado, Daniel Paulista encheu a equipe de garotos para dar mais velocidade.

Bruno Dentinho, aos 38 minutos, até tentou de fora, mas errou. Marcelinho, com 40, respondeu, contudo, o chute foi fraquinho. Nos minutos finais, pouco futebol e classificação garantida para o Galo.

Cruzeiro fica perto do rebaixamento no Alagoano – Foto: Ailton Cruz

FICHA TÉCNICA

CRB – Vitor Caetano; Matheus Ribeiro, Gustavo Henrique, Heron e Vitinho; Baranha (Erick), João Pedro e Alejandro Viniegra (Kelvin); Alexander Díaz (Rodriguinho), Facundo Labandeira (Cauã Magno) e Cauã Santos (Bruno Dentinho). Técnico: Daniel Paulista.

Cruzeiro – Jerfesson; Neilson, Vera Cruz, Digão (Neguete) e Paulinho; Batata (André Lessa), Celestino (DG) e Aurélio; João Victor (Marcelinho); Victor Paraíba e André Rodrigues (Adílio). Técnico: Adriano Cabeça.

Gols – Kelvin (CRB – 23’/2T)

Cartões amarelos – Digão (CRU), João Pedro (CRB), Celestino (CRU), Kelvin (CRB), Vera Cruz (CRU), Adílio (CRU)

Árbitro – Wiomar Santana de Oliveira (CBF/AL)

Assistentes – Pedro Jorge Santos de Araújo (CBF/AL) e Lennon Mccartney Farias Paes (CBF/AL)

4º árbitro – Edvaldo Gomes dos Santos (CBF/AL).

Redação com Gazeta Web

Galeria de Imagens