Anadia/AL

20 de junho de 2024

Anadia/AL, 20 de junho de 2024

CSA perde para Volta Redonda com gol no fim e segue no Z4 da Série C

Azulão melhora seu desempenho, mas sofre com a bola parada e amarga a quarta derrota em sete jogos.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 3 de junho de 2024

Esporte 2

Com golaço, Voltaço superou o CSA dentro de casa. : Raphael Torres/VRFC

Por Guilherme Nobre

A má fase do CSA parece não ter fim. Na noite desta segunda-feira (3), o Azulão conheceu seu sétimo jogo sem vencer e a quarta derrota na Série C 2024, desta vez por 2×1, contra o Volta Redonda no Estádio Raulino de Oliveira. O confronto, válido pela 7ª rodada da competição, sacramentou o clube alagoano dentro da zona de rebaixamento por mais uma rodada.

Os gols da vitória carioca saíram através da bola parada. Ítalo Carvalho fez de pênalti e Sanchez marcou de falta, já na reta final. Tiago Marques fez o gol de honra marujo.

Com o resultado, o CSA estacionou de vez com três pontos na tabela de classificação. O clube alagoano é apenas o 18º colocado. Já o Volta Redonda é o novo líder do campeonato. Agora com 16 pontos, o Tricolor de Aço seca o Athletic para continuar na ponta.

O próximo desafio do Voltaço não será nada fácil. No domingo, dia 9 de junho, a equipe carioca vai até o interior de Minas Gerais para fazer um confronto direto com o Athletic, na Arena Sicredi, a partir das 16h30. O Azulão só entra em campo na próxima segunda-feira, dia 10. De volta ao Estádio Rei Pelé, em Maceió, o CSA encara o São José, a partir das 20h.

PRIMEIRO TEMPO

O embate começou com as duas equipes valorizando a posse de bola. O CSA tentou atacar o Voltaço com bolas longas, mas encontrou poucos espaços nos primeiros minutos. O Tricolor de Aço utilizou mais velocidade, especialmente pelo lados, para surpreender a defensiva maruja. Porém, quem foi surpreendida foi a zaga carioca. Com 7 minutos, Barra errou na saída, Tiago Marques recuperou a posse e tocou para Gustavo Xuxa. O camisa 10 invadiu bem a área e bateu firme, mas Jean fez uma bela defesa.

O Volta Redonda despertou com o lance de perigo. Aos 14 minutos, a jogada foi pelo lado direito. Wellington Silva apareceu na área como fator surpresa e bateu firme para Deivity espalmar. Os donos da casa cresceram e continuaram no ataque. Com 19min, MV aproveitou uma sobra de bola e pegou de primeira da entrada da área. O chute foi direto nas mãos do goleiro azulino.



					CSA perde para Volta Redonda com gol no fim e segue no Z4 da Série C
Confronto foi mais equilibrado no primeiro tempo. : Raphael Torres/VRFC

O ponta do Voltaço foi perigoso novamente aos 20min. Em nova finalização da longe, a bola quicou dentro da área e passou perto da trave. A partida foi ficando mais aberta, porém, o CSA demorou a assustar por construir poucas jogadas. Com 26min, Jean Cléber tentou de fora da área e acertou um foguete direto na trave de Jean.

As chances foram aparecendo para os dois lados. Aos 30 minutos, foi a vez de o Voltaço tentar. Wellington cruzou pelo lado direito e Skilo errou o cabeceio. Com 32min, Ryan Guilherme aproveitou rebote do próprio Douglas Skilo e arriscou de longe, mandando por cima do travessão.

Nos minutos finais, o CSA soltou-se mais. Com 38 minutos, em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Gustavo Xuxa bateu direto e a redonda beliscou o travessão. A resposta carioca foi praticamente na mesma moeda. Com 42 minutos, Bruno Barra fez um lançamento perfeito para Skilo dentro da área. O atacante fez tudo certo e finalizou forte, direto na trave.

Na última chance do primeiro tempo, aos 46, Xuxa chutou de fora da área, mas em cima do goleiro Jean. Apesar do duelo movimentado, a rede não balançou e assim acabou a primeira etapa: 0x0.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou mais lenta. A primeira oportunidade foi apenas aos 5min, quando o Voltaço tentou uma jogada aérea, mas ninguém cabeceou para o gol. O CSA até buscou algumas saídas, mas nada de ultrapassar a última linha aurinegra.

Em um dos poucos momentos que tentou chegar, o CSA foi perigoso pelo lado esquerdo. Com 15 minutos, Xuxa cruzou na área, mas a bola explodiu na defensiva do Voltaço. Enquanto os azulinos pararam para reclamar de um toque de mão, o Volta Redonda armou contra-ataque com Robinho. O camisa 8 colocou a bola na frente para MV, que driblou Deivity, mas foi derrubado: pênalti marcado.



					CSA perde para Volta Redonda com gol no fim e segue no Z4 da Série C
Volta Redonda abriu o placar e deixou o CSA desesperado. : Raphael Torres/VRFC

Os jogadores do CSA reclamaram bastante, mas a arbitragem não voltou atrás. Para a cobrança, Ítalo chamou a responsabilidade e bateu firme, deslocando Deivity para abrir o placar no Raulino de Oliveira: 1 a 0.

O gol deixou o elenco azulino revoltado, e quase o Volta Redonda aproveitou o momento instável para ampliar. Com 21 minutos, após lançamento pelo lado direito, PK ficou com a posse, invadiu a área e bateu forte. Dessa vez, Deivity defendeu.

Com a derrota parcial, o Azulão demonstrou pouquíssima força de reação e chegou a sofrer com sustos. Aos 32min, a bola foi cruzada do lado esquerdo e alcançou os pés de PK, na ponta direita. O atacante se posicionou para o arremate, mas não pegou bem na bola. Em uma das poucas chances, Buga finalizou errado de fora da área, aos 33min.

O Volta Redonda controlava bem a partida, mas aos 37 minutos, Zé Vitor fez uma bobagem. Após recuo de bola, o zagueirão deu as costas para Tiago Marques e tocou de lado. Porém, a defesa dormiu e Lucas Marques tomou a posse para passar para o próprio Tiago, que mandou para o fundo das redes: 1 a 1.

O empate aliviou o clima de pressão no Azulão, mas fez com que o Voltaço partisse para cima. Com 41 minutos, uma falta foi marcada quase na risca da área, para desespero dos azulinos. Depois de muita reclamação, Sanchez foi para a cobrança e acertou um chutaço direto no ângulo esquerdo de Deivity, recolocando o Volta Redonda na frente.

Com o resultado na mão, Rogério Corrêa armou o Voltaço defensivamente. O CSA até buscou aproveitar-se da situação, mas sem qualidade. Com 48min, Dal Pian tentou finalizar, mas sem jeito. Apesar da persistência, nada funcionou para os azulinos. Fim de jogo no interior carioca: Volta Redonda 2×1 CSA.

FICHA TÉCNICA

Volta Redonda – Jean Drosny; Wellington Silva, Lucas Souza, Zé Vitor e Juninho Monteiro (Sanchez); Bruno Barra, Robinho (Henrique Silva), Ryan Guilherme (PK); MV, Douglas Skilo (Kauã Souza) e Ítalo Carvalho (Karl). Técnico: Rogério Corrêa.

CSA – Deivity; Raphinha, Eduardo Biazus, Matheus Santos e Erik (Guilherme Dal Pian); Jean Cléber, Juninho Valoura (Buga) e Gustavo Xuxa (Iury Tanque); Vitor Leque (Lucas Marques), Alisson Farias (Marquinhos) e Tiago Marques. Técnico: Higo Magalhães.

Gols – Ítalo Carvalho (VRE – 17’/2T), Tiago Marques (CSA – 37’/2T), Sanchez (VRE 43’/2T)

Cartões amarelos – Tiago Marques (CSA), Iury Tanque (CSA), MV (VRE), Jean Cléber (CSA), Lucas Souza (VRE), Matheus Santos (CSA), Eduardo Biazus (CSA), Bruno Barra (VRE)

Árbitro – Emerson Souza Silva (CBF/BA)

Assistentes – Daniella Coutinho Pinto (CBF/BA) e Marcus Vinicius Ferreira de Souza (CBF/BA)

Quarto árbitro – Jenifer Alves de Freitas (CBF/RJ).

Redação com Gazeta Web

Galeria de Imagens