Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Dengue tipo 2 causou morte da filha de vereador de Arapiraca

Doença foi confirmada por meio de teste molecular realizado pelo Lacen | 21:06

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de junho de 2024

Municios 1

Morte de empresária ocorreu no último dia 11, em Arapiraca. Reprodução

Por Regina Carvalho

A morte da empresária Bianca Pinheiro Leão foi causada por dengue tipo 2, considerada mais grave, segundo informação divulgada pela Secretaria de Saúde de Arapiraca, nesta terça-feira (25). Com apenas 25 anos, a filha do vereador Fabiano Leão e neta do ex-deputado Demuriez Leão desenvolveu a forma grave da doença e chegou a ser hospitalizada.

“A Superintendência de Vigilância em Saúde, através do Centro de Informações Estratégias de Vigilância em Saúde(CIEVS) de Arapiraca, confirma o óbito por dengue grave, ocorrido no último dia 11 de junho do presente ano”, informa trecho do boletim.

A causa da morte foi comprovada por meio do Teste Molecular (ZDC), realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Alagoas (Lacen/AL). O resultado da amostra foi detectável para dengue tipo 2.

Boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), até a Semana Epidemiológica nº 24 de 2024, mostra que foram notificados 12.563 casos suspeitos de dengue, dos quais 6.965 foram confirmados no estado.

No mesmo período do ano passado, foram notificados 3.963 casos em investigação de dengue, dos quais 2.457 foram comprovados. Até a semana passada, cinco óbitos tinham sido confirmados pela Sesau nos municípios de Atalaia, Viçosa, Porto de Pedras, Rio Largo e em Maceió.

O painel de monitoramento das arboviroses do Ministério da Saúde (MS) registrou um aumento no número de óbitos por dengue em Alagoas, em relação ao último boletim da Sesau. Os dados revelam que seis vítimas não resistiram à gravidade da doença e outros nove são considerados suspeitos. O MS aponta ainda um óbito suspeito por chikungunya em Alagoas.

Redação com Gazeta Web


Galeria de Imagens