Anadia/AL

25 de maio de 2024

Anadia/AL, 25 de maio de 2024

Desaparecida é encontrada pelo irmão enterrada no quintal da casa do ex-marido no RJ

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de janeiro de 2024

BRa

Foto: Reprodução/TV Globo

O corpo de Letícia Barbosa Leite da Silva, 29, foi encontrado na última sexta (26) enterrado com concreto no quintal da casa do ex-marido dela. O imóvel fica na comunidade Barro Vermelho, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Quem localizou o corpo foi o irmão da vítima.

A principal linha da Polícia Civil é a de que o ex-marido assassinou Letícia. Segundo familiares da jovem, ele fugiu do local após a descoberta do corpo. O casal tinha dois filhos, de cinco e dois anos, que moram com outros parentes.

Liliane Barbosa, mãe de Letícia, afirmou que a filha tinha um relacionamento instável com o ex-marido. “Ele dava socos nela, nas costelas dela. Ela ficava toda roxa e não falava nada, ficava quieta e com a cabeça baixa. Não queria denunciar.

Não estavam juntos, mas tinham idas e vindas”, disse. Ainda de acordo com a mãe, o casal já se relacionava havia nove anos.

O desaparecimento da jovem foi registrado pela mãe no dia 16 de janeiro deste ano. Ao perguntar ao ex-genro se ele tinha informações sobre o paradeiro da jovem, o homem teria dito que estava “muito chateado com o desaparecimento”.

Na sexta, o irmão de Letícia, aproveitando que o ex-cunhado havia saído de casa, pulou o muro. No quintal, descobriu um buraco com cimento fresco.

“Minha filha estava enterrada, com um saco na cabeça, mãos amarradas. Tinha umas cinco camadas de cimento. Desenterramos e chamamos a polícia”, disse.

Ao ser perguntada se a polícia havia procurado a jovem na casa do ex-marido, Liliane disse que os investigadores não foram até o local, pois a região é dominada pelo tráfico de drogas.

A Polícia Civil, por sua vez, não quis responder ao questionamento da reportagem sobre o motivo das buscas não terem sido realizadas na casa do ex-marido, com quem a vítima possuía uma relação conturbada.

Em nota, a corporação afirmou que delegacia de homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso e “diligências estão em andamento para elucidar os fatos e identificar a autoria e a motivação do crime”.

Além dos dois filhos com o ex-marido, Letícia deixa uma terceira criança, de outro relacionamento. O corpo da jovem foi enterrado no sábado (27).

De acordo com o ISP (Instituto de Segurança Pública), no ano de 2022, 111 mulheres foram vítimas de feminicídio no estado do Rio de Janeiro, ante 85 casos no ano anterior. Os dados de 2023 ainda não foram consolidados.

Fonte: TNH1

Galeria de Imagens