Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

Eduardo Leite agradece Lula por ida ao Rio Grande do Sul em meio a enchentes: “insubstituível”

Governador pediu que os gaúchos que ainda têm condições deixem suas casas em caso de risco hidrográfico ou geológico.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 2 de maio de 2024

brasil

Governador Eduardo Leite se reúne com o presidente Lula para articular ações emergenciais no Rio Grande do Sul - Foto: Maurício Tonetto/Secom/Gov/RS.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), agradeceu nesta quinta-feira (2) o presidente Lula (PT) por ter comparecido ao estado para acompanhar os trabalhos de resgate de vítimas atingidas pelas enchentes que assolam a região. Leite, Lula, ministros, militares e representantes da Defesa Civil realizaram uma reunião nesta manhã.

A Lula, Leite afirmou: “sua vinda ao Rio Grande do Sul é muito importante, embora estejamos em contato desde terça-feira, por telefone. Tenho estado em contato com os ministros, sempre atendendo aos nossos chamados. Mas a sua presença, olho no olho, sentado à mesa, é insubstituível. Uma boa reunião substitui mil telefonemas e milhares de ofícios”.

O governador lamentou “todas as mortes já registradas e as que ainda não foram registradas e que ainda serão muitas, infelizmente”. Ele ainda pediu que os gaúchos que ainda estejam em condições deixem suas casas em caso de risco. “São 204 municípios que estão com maior risco hidrográfico. Mais uma vez, pedir à população para que vá para locais de segurança.

Nós fazemos grande esforço de resgate, mas é impossível chegar a todos os lugares. E pelo volume de chuvas que já tivemos, o risco geológico é muito grande. Então encostas de morros, enfim. As pessoas precisam se colocar em situação de segurança”.

Leite afirmou que a prioridade neste momento é resgatar as vítimas que estão em situação de risco e disse que o presidente Lula garantiu todos os recursos necessários para, posteriormente, mitigar os danos causados pelas cheias.

Galeria de Imagens