Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

‘Ela é fria, sem comoção’, diz delegada sobre mãe suspeita de torturar bebê

Os pais da criança foram presos temporariamente e parentes solicitaram a guarda do bebê, que está internado em estado grave; entenda o caso | 14:16 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 21 de junho de 2024

vv2

(REPRODUÇÃO/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe mais detalhes sobre a prisão de um casal suspeito de torturar o próprio filho, de apenas dois meses de idade, na zona leste de São Paulo. No laudo médico, foi constatado que o bebê estava com fraturas em todo o corpo, hematomas e anemia grave. O profissional também relatou que as lesões não eram compatíveis com o relato da genitora.

A mãe Stéfani, de 18 anos, foi presa por uma possível tortura com o bebê, e no depoimento para a polícia, ela alegou que o filho teria caído. O pai do bebê, Patrick, de 21, não estava em casa, mas também foi preso e será indiciado por omissão.

Deidiene Fialho Costa, delegada responsável pelo caso, comentou sobre o estado que a criança chegou na UTI: “Tenho policiais com 30 anos de experiência. Quem viu as fotos do bebê, fica angustiado, tem uma expressão de choque”.

A mulher ainda chegou a levar a criança ao hospital, mas em Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo. O local fica a 44km da residência onde a mulher morava, mesmo com opções mais próximas.

“Ela alegou que os hospitais estavam todos cheios, mas se você está com uma urgência, você não vai demorar tanto tempo para socorrer o seu filho”, disse a delegada sobre a versão contada pela Stéfani. A responsável pelo caso também revelou que a mãe do bebê, quando interrogada, mentiu para os investigadores.

Espantada com o caso, Deidiene que Stéfani teve uma reação fria ao ver as fotos do próprio filho com as graves lesões. “Ela estava normal, como se estivéssemos falando de qualquer coisa, não de uma pessoa. Ela é muito fria, sem comoção, sem expressão facial alguma”, relatou.

Com a prisão temporária dos pais da criança, a avó e a tia solicitaram pela sua guarda. O bebê está no hospital se recuperando das fraturas e, segundo a delegada, já está reagindo e ganhando peso.

Assista ao vídeo:

Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.

*Redação com Record. R7

Galeria de Imagens