Anadia/AL

22 de junho de 2024

Anadia/AL, 22 de junho de 2024

Endrick brilha, e Seleção Brasileira bate Inglaterra em Wembley na estreia de Dorival

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 23 de março de 2024

Seleção

Foto: Reprodução Gazeta Esportiva

Dorival Júnior iniciou o seu ciclo na Seleção Brasileira com o pé direito. Neste sábado, o Brasil venceu a Inglaterra por 1 a 0, em pleno Wembley, em Londres. O gol decisivo do amistoso foi anotado por Endrick, que saiu do banco de reservas. O atacante do Palmeiras foi às redes já aos 34 minutos da etapa final.

Desta forma, a Amarelinha encerrou um jejum de seis meses sem vencer um compromisso. O último êxito da equipe havia sido no dia 12 de setembro de 2023, quando superou o Peru por 1 a 0. Desde então, eram três derrotas e um empate.

Ex-treinador do São Paulo, Dorival foi anunciado para assumir o cargo de Fernando Diniz em 10 de janeiro. O experiente técnico é a aposta da CBF para dirigir a equipe na Copa América. O torneio está marcado para junho, nos Estados Unidos.

A Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira, quando encara a Espanha. O amistoso está marcado para às 17h30 (de Brasília), no Santiago Bernabéu, em Madri. No mesmo dia, mas às 16h45, a Inglaterra recebe a Bélgica em Wembley.

O jogo 

O Brasil até começou a partida dominando a posse de bola, porém com muitos passes ainda no campo de defesa, sem conseguir atravessar a linha do meio de campo. A seleção inglesa, por sua vez, tentou encurralar os rivais e levou perigo logo aos dois minutos. Foden cobrou falta com veneno e tirou tinta da trave.

A primeira chegada da Seleção foi aos nove. Rodrygo foi acionado no meio de campo, costurou a marcação e arrematou para a defesa de Pickford. Na sequência, Vinícius Júnior teve uma chance de ouro para abrir o placar. O atacante recebeu lindo lançamento de Paquetá e saiu cara a cara com o goleiro. O brasileiro bateu rasteiro, mas sem força, e viu Walker evitar o gol.

Com 16 minutos, Rodrygo teve mais uma oportunidade. Paquetá roubou a bola no campo de ataque e entregou para o garoto, que finalizou pelo alto.

Os mandantes responderam no lance seguinte. Gallagher deu belo passe de cavadinha para Watkins, que dominou de frente para o gol e, pressionado por Fabrício Bruno, mandou por cima.

Já aos 34, a Seleção Brasileira ficou perto de balançar as redes. Após bela jogada coletiva, Rodrygo dominou na área e rolou para Paquetá. O meia limpou a marcação e carimbou a trave. Instantes depois, foi a vez de Raphinha ter uma chance preciosa. Maguire vacilou ao tentar recuar e deixou na medida para o atacante do Barcelona, que concluiu pelo lado.

2º tempo

Na volta do intervalo, o jogo seguiu agitado. Com apenas quatro minutos, Gordon recebeu cruzamento em cobrança de falta e chutou de primeira para defesa de Bento. Aos 17, saiu a resposta brasileira. Paquetá finalizou com estilo e tirou tinta da trave.

Nos minutos seguintes, as seleções seguiram trocando ações, porém sem muito perigo. Atrelado a isso, os técnicos passaram a mexer bastante nas equipes. Como era um amistoso, ambas as equipes podiam fazer seis mudanças.

E as alterações do técnico Dorival Júnior surtiram muito efeito. O treinador tirou Andreas Pereira e Endrick do banco de reservas e ambos participaram do gol que abriu o placar da partida em Wembley. Vinícius Jr. recebeu lançamento do meia do Fulham e saiu cara a cara com Pickford, que defendeu o chute do atacante. No rebote, contudo, Endrick estava no lugar certo para empurrar a bola para a rede e fazer o seu primeiro gol com a Amarelinha.

Nos minutos finais, o Brasil se fechou para segurar a Inglaterra e garantir a vitória em Wembley.

FICHA TÉCNICA
INGLATERRA 0 X 1 BRASIL

Local: Wembley, em Londres
Data: 23 de março de 2024, sábado
Horário: às 16h (de Brasília)
Árbitro: Artur Soares Dias (POR)
Assistentes: Paulo Soares (POR) e Pedro Ribeiro (POR)
Cartões amarelos: Bellingham (Inglaterra); Paquetá (Brasil)

GOL: Endrick, aos 34 do 2ºT (Seleção Brasileira)

INGLATERRA: Pickford; Walker (Konsa), Stones, Maguire (Dunk) e Chilwell (Joe Gomez); Rice, Gallagher (Maioo) e Bellingham (Bowen); Foden, Gordon (Rashford) e Watkins.
Técnico: Gareth Southgate

BRASIL: Bento, Danilo, Fabrício Bruno, Beraldo e Wendell; Bruno Guimarães (Douglas Luiz), João Gomes e Lucas Paquetá (Andreas Pereira); Vinícius Jr (Pablo Maia), Rodrygo (Endrick) e Raphinha (Savinho).
Técnico: Dorival Júnior

Redação com Gazeta Esportiva

Galeria de Imagens