Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Ex-prefeito de Satuba, Aldaberon de Morais, é morto em atentado no Centro de Maceió

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 2 de março de 2024

Policia

Ex-prefeito de Satuba Aldaberon de Morais | Foto: Reprodução

Por Marcos Rodrigues

Na noite desta sexta-feira (1°), o ex-prefeito de Satuba, Adalberon de Morais Barros, 68 anos, morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), após ser baleado em um atentado no Centro de Maceió.

De acordo com testemunhas, o ex-prefeito estava dentro do seu carro quando foi alvejado por uma série disparos de arma de fogo, atingindo o seu ombro. Os tiros foram efetuados por dois homens armados.

A vítima foi levada por populares para HGE, mas chegou a unidade hospitalar sem vida. A Polícia Civil já investiga as circunstâncias que resultaram no homicídio.

Condenação na Justiça

Adalberon foi condenado em 2013 a 34 anos de prisão pelo assassinato do professor Paulo Bandeira, crime ocorrido em 2003. Ele foi apontado como mandante do assassinato.

Bandeira, que era professor da rede municipal de Setuba, foi executado e teve o corpo queimado. Durante as investigações, a polícia descobriu que o álcool utilizado era o mesmo comprado para as escolas do município de Satuba.

O professor Paulo Bandeira era uma voz ativa de oposição contra a gestão do então prefeito. A vítima chegou a denunciar uma série de desvio de recursos na Prefeitura de Satuba.

Seis meses após a primeira condenação, ele voltou a ser julgado e condenado a 25 anos de prisão. Desta vez, pelas mortes do assessor parlamentar Jeams dos Santos, da feirante Gizele Suplime dos Santos e do motorista Carlos André Fernandes, crime ocorridos em 1997.

Redação com Gazeta Web

Galeria de Imagens