Anadia/AL

18 de maio de 2024

Anadia/AL, 18 de maio de 2024

Filmes alagoanos são selecionados para a 27ª Mostra de Cinema de Tiradentes

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 15 de janeiro de 2024

vv2

Divulgação

Por: Bruno Fernandes

A 27ª Mostra de Cinema de Tiradentes, programada para ocorrer de 19 a 27 de janeiro de 2024, está pronta para dar início ao calendário audiovisual brasileiro com a impressionante variedade de 145 filmes provenientes de 20 estados, entre eles Alagoas.O estado se destaca com quatro filmes selecionados: “Diafragma”, de Robson Cavalcante, “Habito”, de Fernando Santos, “O Canto”, de Izabella Vitório e Isadora Magalhães, e “Samuel Foi Trabalhar”, de Janderson Felipe e Lucas Litrento. Além das exibições presenciais, uma parte significativa da programação do festival estará disponível online, acessível a audiências em todo o país.

“Diafragma”: Uma Jornada Visual pela Resiliência

O curta-metragem animado “Diafragma”, de Robson Cavalcante, nos leva a uma jornada de 10 minutos pelo mundo de Carlos, um jovem sonhador que enfrenta a possibilidade de cegueira após um diagnóstico de diabete. Com criatividade e sensibilidade, o filme aborda os desafios enfrentados por Carlos, oferecendo uma exploração respeitosa e imaginativa do tema sem cair no capacitismo.

Janderson Felipe e Lucas Litrento, diretores de Samuel foi trabalhar; abaixo post de O Canto
Janderson Felipe e Lucas Litrento, diretores de Samuel foi trabalhar; abaixo post de O Canto


“Habito”: Tecendo Vida, Família e Cinema

Narra a história de um homem negro, pobre e gordo que busca realizar o sonho de ser cineasta, enfrentando desafios acadêmicos e pessoais após o diagnóstico de câncer de mama de sua mãe. A narrativa entrelaça de maneira intricada a vida, a família e o cinema, explorando as raízes de Alagoas e Bahia.

“O Canto”: Uma Profunda Imersão na Cultura do fumo de Arapiraca

Dirigido por Izabella Vitório e Isadora Magalhães, o curta mergulha na essência da cultura de Arapiraca. O filme apresenta uma jornada poética e contemplativa, entrelaçando música e as vidas das destaladeiras de tabaco de uma maneira única. Dona Rosália, a protagonista, incorpora a força e a tradição dessas trabalhadoras, suas histórias cantadas ecoando a rica herança de Alagoas.

“Samuel Foi Trabalhar”: Musicalidade e Perseverança

Na véspera da transição da informalidade para o emprego formal, Samuel é assombrado pela fantasia de engenheiro que simboliza seu sustento. A trilha sonora do filme, com reggae, rap e brega funk, não apenas acompanha a narrativa, mas contextualiza as origens desses estilos musicais – batalhas de rima, danças de reggae e duelos de brega funk.

Programação da mostra

A 27ª Mostra de Cinema de Tiradentes promete uma extravagância cinematográfica de 19 a 27 de janeiro de 2024. Com 145 filmes, incluindo 43 longas-metragens, 3 médias e 99 curtas-metragens de 20 estados, o festival oferece uma ampla gama de estreias e exibições especiais em vários locais na cidade histórica. Debates, encontros com cineastas, discussões pós-exibição e mesas redondas complementam a experiência cinematográfica.

Uma seleção de títulos das seções Panorama e Homenagem do festival estará disponível online em mostratiradentes.com.br de 20 a 27 de janeiro, simultaneamente às exibições presenciais. Além disso, uma mostra especial de cinco curtas será apresentada no IC Play, acessível gratuitamente de 31 de janeiro a 9 de fevereiro em www.itauculturalplay.com.br.

Galeria de Imagens