Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Flamengo domina o Madureira, vence e garante o título da Taça Guanabara

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 2 de março de 2024

fla

Foto: Reprodução | Gazeta Esportiva

Por Gazeta Press

Flamengo confirmou o favoritismo e garantiu o título da Taça Guanabara. Neste sábado, o Rubro-Negro dominou o Madureira do início ao fim e venceu por 3 a 0, no Maracanã, pela 11ª rodada do Campeonato Carioca.

O título da Taça Guanabara garante ao Flamengo vantagem de empate em pontos e no saldo de gols na semifinal e em eventual final do Campeonato Carioca. Por mais que possa ter um caráter “simbólico”, não é o troféu do Campeonato Carioca, a conquista deste sábado diz muitas coisas. A primeira tem a ver com o passado. Em 2023, o Fla passou em branco e não conquistou nada. A Taça Guanabara pode ser um prenúncio de mais troféus em 2024.

Além disso, a campanha do Flamengo também é animadora. O Rubro-Negro fecha a Taça Guanabara com 27 pontos (oito vitórias e três empates). O time principal ainda não levou gol. O único sofrido neste Carioca foi com o time alternativo, quando o Fla foi para os Estados Unidos fazer a pré-temporada. O ataque também deu conta do recado. O Rubro-Negro fez 23 gols, melhor marca desta primeira fase.

A Taça Guanabara reserva outras boas notícias para o Flamengo. Além da solidez defensiva, Nico De La Cruz está cada vez mais consolidado no meio de campo. Pedro está com o faro de artilheiro em dia e Luiz Araújo e Cebolinha cresceram de produção.

O Flamengo, agora, aguarda o desfecho da rodada para conhecer o adversário da semifinal do Campeonato Carioca – vai enfrentar o quarto colocado.

O duelo entre Flamengo e Madureira

Tite escalou Viña pela primeira vez como titular no Flamengo. Recém-convocado para a Seleção Brasileira, Ayrton Lucas foi para o banco. David Luiz e Bruno Henrique ganharam chance também. O técnico preservou Léo Pereira e Everton Cebolinha, que entraram no segundo tempo.

O Flamengo tratou de pressionar o Madureira desde o início do jogo. Aos oito, Bruno Henrique, na área pela esquerda, buscou Pedro, mas a zaga cortou. Aos 11, De La Cruz cobrou falta. A bola desviou e deu um susto em Mota, saindo à direita. Com o domínio do jogo, o Fla abriu o placar. Aos 19 minutos, Luiz Araújo fez jogada pela direita e cruzou. Bruno Henrique aparou e Arrascaeta, em um belo chute, fez 1 a 0.

O Fla não diminuiu o ritmo. Aos 29, Arrascaeta viu De La Cruz e Luiz Araújo invadindo a área e passou. Luiz se antecipou ao uruguaio e chutou. Contudo, a finalização foi ruim e saiu. Aos 41, Viña cruzou bem pela esquerda, Pulgar ganhou pelo alto e cabeceou, mas a bola foi para fora. Dois minutos depois, Viña arriscou da intermediária. Mota mandou para escanteio.

Tite foi forçado a fazer uma mudança no intervalo. Fabrício Bruno, na reta final do primeiro tempo, levou a pior em dividida pelo alto. Ele sofreu um trauma na face. Léo Pereira entrou no lugar dele.

O Flamengo ampliou o placar aos seis minutos. A zaga do Madureira vacilou, Pedro interceptou passe, praticamente deu um balão no goleiro e, com estilo, completou para o gol. Foi o oitavo gol dele no Carioca, igualando-se a Carlinhos, do Nova Iguaçu, no topo da artilharia.

O domínio do Flamengo continuou no Maracanã. Aos 23, Léo Pereira cobrou falta com categoria e fez 3 a 0. Tite aproveitou para fazer mudanças. Ele deu oportunidade aos garotos. Victor Hugo, Igor Jesus e Matheus Gonçalves entraram no decorrer do segundo tempo. Pedro, Arrascaeta e De La Cruz saíram.

No fim, o Madureira deu um susto. Com propriedade, o Fla venceu o Madureira no Maracanã, confirmou a Taça Guanabara e ganhou ainda mais moral para a sequência da temporada.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3X0 MADUREIRA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 02/03/2024, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Público e renda: 60.292 pagantes / 63.422 presentes / R$ 2.321.970,50
Árbitro: Bruno Mota Correia
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
VAR: Tarcizo Pinheiro Caetano
Cartão amarelo: Pedro e Léo Pereira (Flamengo)
Cartão vermelho:
Gols:
Flamengo: Arrascaeta, aos 19′ do 1ºT, Pedro, aos 6′ do 2ºT, e Léo Pereira, aos 23′ do 2ºT
Madureira:

FLAMENGO: Rossi; Varela, Fabrício Bruno (Léo Pereira), David Luiz e Viña; Erick Pulgar, De La Cruz (Matheus Gonçalves) e Arrascaeta (Igor Jesus); Bruno Henrique, Luiz Araújo (Everton Cebolinha) e Pedro (Victor Hugo). Técnico: Tite.

MADUREIRA: Mota (Douglas Lima); Dadinha (Cauã Coutinho), Marcão, Arthur Andrade e Evandro; Waguininho, Arthur Santos, Gustavo Coutinho (João Felipe) e Juninho (Guilherme Xuxa); Arthur Martins (Antônio Carlos) e Patryck Ferreira. Técnico: Alberto Tenan.

Redação com Gazeta Esportiva


Galeria de Imagens