Anadia/AL

25 de maio de 2024

Anadia/AL, 25 de maio de 2024

“Geração mimimi”: indivíduos questionadores, mas com pouca atitude

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 15 de janeiro de 2024

vv2

(Foto: Fernanda Kochhann)

No quadro “Direto ao Ponto” desta segunda-feira (26), o psiquiatra Rafael Moreno falou sobre a chamada “geração mimimi”. Essa expressão é utilizada para se referir aos indivíduos nascidos no século XXI, a partir do ano 2000, que têm se destacado por sua tendência a reclamar excessivamente, despertando preocupação na sociedade.

Segundo Moreno, essa geração caracteriza-se por ser altamente questionadora, porém com uma ação prática limitada. O psiquiatra ressaltou que muitos desses indivíduos não estão dispostos a assumir responsabilidades básicas, chegando ao ponto de não cuidarem nem mesmo de suas próprias tarefas domésticas, como lavar a louça.

Outra questão alarmante é o aumento dos chamados “nem-nem”, ou seja, jovens que nem trabalham, nem estudam. Moreno aponta a estruturação da família brasileira, sobretudo a terceirização da educação, como uma das causas desse fenômeno. Em muitos casos, as crianças acabam ficando no domínio, recebendo tudo o que pedem, em uma tentativa dos pais de suprir materialmente o que não conseguem fornecer em termos de tempo e convívio. Essa ausência de limites acaba levando ao enfraquecimento da noção de hierarquia e responsabilidade.

O psiquiatra ressalta que a formação cerebral ocorre principalmente até os cinco anos de idade, por isso é essencial observar e intervir nessa fase inicial. A falta de limites e a ausência de estímulos adequados podem comprometer o desenvolvimento saudável das crianças, refletindo-se em comportamentos e atitudes no futuro.

*Redação com Independente

Galeria de Imagens