Anadia/AL

22 de junho de 2024

Anadia/AL, 22 de junho de 2024

Governo comemora previsão de safra 23/24 da cana-de-açúcar, que deve superar 19 milhões de toneladas

Produção confirma a recuperação do setor após investimentos do Estado | 09:34 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 26 de abril de 2024

vv1

Foto: Ascom Sedics

A cana-de-açúcar é a principal fonte de energia renovável em Alagoas, segundo o Balanço Energético disponibilizado pela Superintendência de Políticas Energéticas, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Sedics). E, de acordo com dados preliminares do Departamento Técnico do Sindaçúcar-AL, a produção deverá chegar a 19,5 milhões de toneladas na safra 23/24 em Alagoas.

O volume confirma o ciclo de recuperação do setor no estado, iniciado ainda na safra 2018/2019. A pequena oscilação, em relação à safra anterior, é considerada positiva. Isso porque a coleta 2022/23 foi a maior em oito anos, dentro de uma fase de retomada.

Esse incremento era esperado devido aos investimentos e políticas de equalização fiscal realizadas pelo Governo do Estado. De acordo com o superintendente de Políticas Energéticas, Bruno Macêdo, Alagoas é destaque no Brasil quanto à participação da biomassa da cana na geração renovável.

“O estado é um dos principais no país quanto à participação da biomassa da cana na geração renovável, contribuindo assim na redução de gases de efeito estufa na atmosfera e suas mudanças climáticas”, pontua Macêdo.

Para a secretária Alice Beltrão, o estado tornou-se referência em segurança jurídica e políticas sustentáveis no intuito de ampliar cada vez mais o desenvolvimento socioeconômico no estado.

“Além da prevalência dos recursos naturais, Alagoas apresenta segurança jurídica e políticas sustentáveis para ampliar o desenvolvimento socioeconômico e a transição energética na nossa matriz de energia”, afirmou a gestora.

*Redação com Diário Arapiraca

Galeria de Imagens