Anadia/AL

22 de junho de 2024

Anadia/AL, 22 de junho de 2024

Governo Paulo Dantas zera fila de atendimento inicial a pacientes com câncer

Plano Emergencial de Oncologia já atendeu mais de 700 pacientes

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 15 de maio de 2024

xop

O Governo de Alagoas zerou a fila inicial de assistência do Plano Emergencial de Oncologia, criado para atender aos pacientes com câncer e que aguardavam por atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) alagoano. O anúncio foi feito pelo secretário executivo de Gestão Interna da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Éder Corrêa, durante reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que ocorreu na última quarta-feira, em Brasília.

Segundo o gestor, além de zerar a fila inicial, onde mais de 200 pacientes aguardavam por atendimento, o Estado já atendeu mais de 715 pessoas. A iniciativa, cujos atendimentos ocorrem nos hospitais da Mulher (MS) e Metropolitano de Alagoas (HMA), e na Clínica da Família do Benedito Bentes, representa o maior conjunto de ações já realizadas na história de Alagoas para assistir pacientes com câncer, conforme destacou Éder Corrêa.

“Representamos o secretário Gustavo Pontes de Miranda na reunião do Conass, a pedido do nosso governador Paulo Dantas, para falar de oncologia, dos desafios e estratégias que precisamos traçar para prevenir e assistir as pessoas acometidas por esse mal. Alagoas tinha mais de 200 pacientes na fila de oncologia, segundo a Defensoria Pública de Alagoas, e zeramos essa fila, conseguindo atender, 715 alagoanos, ou seja, estamos avançando cada vez mais para que possamos tratar dos pacientes com câncer, trazendo os melhores resultados possíveis para a nossa população”, salientou Éder Corrêa.

Acesso

Para ser incluído no Plano Emergencial de Oncologia e ter acesso aos serviços, as pessoas diagnosticadas ou com suspeita de câncer devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de residência e agendar as consultas nos ambulatórios de Oncologia por meio do Sistema de Regulação (Sisreg). Para realizar o atendimento, os pacientes inseridos no Plano Emergencial devem aguardar o contato da Sesau para agendamento da data e hora da consulta.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes, explicou que o Plano Emergencial de Oncologia inclui a triagem, consultas e exames de imagens nas unidades hospitalares pertencentes ao Estado. “É uma grande alegria para a Sesau trazer a notícia do zeramento dessa fila. São números que reforçam o comprometimento da gestão estadual em assegurar que os alagoanos tenham acesso a tratamentos de Alta Complexidade de forma célere e tecnicamente correta”, enfatizou o gestor estadual da saúde.

Fonte: 7 Segundos

Galeria de Imagens