Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

Homem é preso por tentar matar outro após ser chamado de ‘corno’

Outra pessoa foi presa por ter participado do crime, que ocorreu na zona rural da cidade

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 24 de maio de 2024

coi

Ocorrência foi registrada em Igaci. Foto: G1/AL

Um homem, juntamente com um comparsa, foi preso suspeito de tentativa de homicídio, nessa quinta-feira (23), na zona rural de Igaci, Alagoas. Eles teriam tentado matar a vítima após ela ter chamado um dos indivíduos de ‘corno’.

Policiais do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) da cidade foram informados sobre o crime e, em seguida, receberam, via telefone, a notícia de que três indivíduos em atitude suspeita estavam na AL-115, próximo à Escola Municipal Medeiros Neto.

Ao chegarem próximo ao local, os militares se depararam com dois indivíduos com as características informadas e, ao realizarem a busca pessoal, constataram que um deles possuía as características do suposto autor da tentativa de homicídio.

“Diante disso, foi indagado ao outro indivíduo o que ele fazia em companhia dele e respondeu que estava bebendo desde a noite anterior com o suspeito, e que a vítima vinha chamando o suspeito de ‘corno’, além de ameaçar o suspeito com um facão. Disse, ainda, que a vítima estava espiando pela brecha da porta de sua esposa. Assim, o suspeito foi até a residência vizinha e efetuou os disparos contra ele”, detalha o relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp).

Os dois indivíduos foram encaminhados ao CISP para colher mais informações, recolhimento de documentos dos mesmos e informar aos familiares.

O suspeito, em depoimento, confirmou ter praticado o crime pelos motivos acima mencionados e disse que o outro também participou juntamente com ele. “Ao serem indagados sobre a arma de fogo, responderam que um rapaz que estava bebendo com eles ofereceu a arma, mas eles a devolveram após a execução do crime, e não sabiam de onde esse rapaz era”, completa o relatório.

Em meio à situação, os suspeitos foram encaminhados à Central da Polícia Civil em Arapiraca, onde foi lavrado o flagrante. Posteriormente, os indivíduos foram conduzidos ao CISP de Palmeira dos Índios, onde ficaram presos.

Não há informações sobre a vítima atingida pelos disparos.

Fonte: Gazeta Web

Galeria de Imagens