Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Inocente morre com tiro após briga entre dois homens em boteco

Suspeito pelo crime foi preso em flagrante, na manhã desta quarta-feira (19/6). - 17:05

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 19 de junho de 2024

nsr

O suspeito foi preso, na manhã desta quarta (19/6), em sua casa, em Santana de Parnaíba, também na região metropolitana. Divulgação/Polícia Civil

São Paulo – O cliente de um bar morreu fim da noite dessa terça-feira (18/6) após ser ferido com um tiro, dado por Vinicius Teixeira Moderoso (foto em destaque). Ele foi ao local com o intuito de balear outro homem, com o qual havia se desentendido minutos antes, em Barueri, na Grande São Paulo.

O suspeito foi preso, na manhã desta quarta (19/6), em sua casa, em Santana de Parnaíba, também na região metropolitana.

Roger de Oliveira, proprietário do bar, afirmou em depoimento à Polícia Civil que Vinicius é um cliente assíduo do comércio e que, na noite dessa terça, estava acompanhado de três mulheres.

Por volta das 23h20, um homem, já identificado pela polícia, entrou no estabelecimento. Ele e Vinícius teriam “se estranhado”, afirmou o delegado Andreas Schiffmann, titular da Delegacia Central de Barueri.

O homem então, segundo testemunhas, sacou uma arma e, com a coronha dela, golpeou Vinícius, que também teria sido alvo de socos. Após a violência, o agressor permaneceu no boteco. Vinícius saiu do local.

Inocente morto

O dono do bar afirmou, ainda em seu depoimento, que Vinícius retornou ao bar, em uma moto. Ele parou o veículo em frente ao comércio e, sem desembarcar, atirou uma vez — com o intuito de atingir seu agressor. Vinícius fugiu em seguida.

O tiro, porém, acertou Welto Freiras de Jesus, de 35 anos, que estava no estabelecimento. A vítima morreu no local, de acordo com o delegado de Barueri. O agressor de Vinícius saiu do local, mas ainda não foi localizado para esclarecer o que motivou a violência atribuída a ele.

Prisão e arma “fria”

Policiais da Delegacia Central encontraram o endereço de Vinícius, com base nas placas de um carro dele. Eles ficaram de campana, próximo ao local, até visualizar o suspeito. Quando o avistaram, ele foi abordado e preso.

Na casa dele, escondido em um saco de pano, dentro de um armário, foi encontrado um revólver calibre 38, com a numeração raspada. Na residência também foram encontradas dezenas de munições do mesmo calibre.

Vinícius foi preso em flagrante por homicídio e porte ilegal de arma de fogo. A defesa dele não foi localizada. O espaço segue aberto para manifestações.

Fonte: Gazeta Web

Galeria de Imagens