Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

Integrantes do PCC são transferidos após tentar expandir facção no Agreste

Somadas, as penas dos oitos presos transferidos ultrapassam 200 anos de condenações por homicídios, tráfico de drogas, associação ao tráfico, roubo, corrupção de menores, ocultação de cadáver e outros crimes.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 23 de abril de 2024

i

Foto: Reprodução

Oito presos ficarão em Regime Disciplinar Diferenciado por 180 dias; operação aconteceu nesta segunda (22), em Alagoas

Oito presos líderes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) em Alagoas foram transferidos, nesta segunda-feira (22), do Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, para unidades prisionais de Maceió. A administração da instituição penal teria identificado ações para expansão do grupo criminosos dentro do presídio, intimidando e ameaçando indivíduos não faccionados, chamados de neutros.

Por decisão do juiz Alexandre Machado, da 16ª Vara de Execuções Penais, os reeducandos ficarão em Regime Disciplinar Diferenciado por 180 dias, que prevê adoção de algumas medidas em caráter emergencial, como: transferência e recolhimento em cela individual; visitas quinzenais de apenas duas pessoas, sem contar crianças, a serem realizadas em instalações equipadas para impedir o contato físico e a passagem de objetos, por pessoas da família ou, no caso de terceiro, autorizado judicialmente, com duração de duas horas.

Fonte: Cada Minuto

Galeria de Imagens