Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Irritado, ciclista para trânsito e discute com PRF: “Você não é homem”

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 19 de fevereiro de 2024

vv2

Perrengue MT

Por: Carlos Carone, Mirelle Pinheiro

Um ciclista foi gravado discutindo com três agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma rodovia do Distrito Federal nesse domingo (18/2). As imagens, gravadas pela companheira do ciclista, mostram o homem irritado com os agentes e o desenrolar da discussão entre eles.

Segundo a PRF, o desentendimento teria começado por causa da viatura da PRF. O veículo estava parado no acostamento, na altura do KM 03/DF, pois os agentes pararam para auxiliar um motorista de aplicativo que havia sido furtado por dois homens em um gol vermelho.

Segundo a corporação, enquanto orientavam o motorista, o casal de ciclistas passou por eles. O homem, então, começou a gritar.

Ainda de acordo com a PRF, o homem teria gritado: “Porra, vocês têm que tirar a viatura do acostamento”. Os PRFs argumentaram que aquilo era um acostamento, e não ciclovia, e que a equipe estava em atendimento de ocorrência.

Veja a discussão:

“O senhor, visivelmente irritado começou a gritar e falar que não tínhamos autoridade, que ele não era nenhum bandido e que esta equipe estava errada em estar parada no acostamento. Foi solicitado que o mesmo fosse para grama, para evitar que fosse atropelado e o mesmo se negou, falou que não tínhamos autoridade nenhuma”.

O homem ainda teria dito que a PRF era “uma farsa” e que, “por isso, o ex-diretor da PRF Silvinei Vasques não tinha conseguido passar na Ordem dos Advogados do Brasil“. Enquanto discutia, o homem teria ido para o meio da rodovia, parando o trânsito por alguns momentos.

Após toda a confusão, ambos foram liberados para seguir viagem e continuar pedalando.

Logo após o episódio, a PRF se manifestou por meio de nota oficial afirmando que os policiais envolvidos decidiram representar criminalmente contra o ciclista. Leia a nota na íntegra:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Distrito Federal expressa veementemente seu repúdio diante do incidente ocorrido na manhã desta segunda-feira (19), amplamente divulgado nas redes sociais.

Um vídeo disseminado mostra que uma equipe da PRF foi alvo de ataques e ofensas por parte de um ciclista enquanto realizava seu dever de atender a uma vítima de roubo e agressão na BR 060.

É importante salientar que a equipe em serviço, seguindo os procedimentos de atendimento, estacionou a viatura no acostamento estritamente para garantir a segurança dos policiais e da vítima, além de não prejudicar a fluidez do trânsito.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em seu artigo 29, inciso VII diz: “os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade no trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência, de policiamento ostensivo ou de preservação da ordem pública”.

Diante da gravidade do ocorrido, a equipe da PRF compareceu à Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal, ainda nesta segunda-feira, para formalizar uma denúncia contra o ciclista por desacato aos policiais e difamação da instituição PRF, uma vez que o vídeo divulgado foi propositalmente editado na tentativa de distorcer os fatos.

A PRF tomará todas as medidas legais cabíveis para resguardar seus policiais e a Instituição, reiterando seu compromisso com a segurança viária e com a proteção da vida.

*Redação com Metrópoles

Galeria de Imagens