Anadia/AL

22 de junho de 2024

Anadia/AL, 22 de junho de 2024

Judiciário de Alagoas entrega 109 títulos de propriedade a famílias de Taquarana

Moradia Legal regularizou imóveis de famílias de baixa renda do município nesta segunda (6); programa é uma parceria entre TJAL, Corregedoria-Geral, Anoreg/AL e prefeituras.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 6 de maio de 2024

Municipios

Entrega de títulos ocorreu nesta segunda (6), no Ginásio Maria Iraci. Foto: Caio Loureiro

Dicom TJ-AL T

Quitéria Maria de Lima, moradora de Taquarana, foi uma dos 109 beneficiados por mais uma ação do Moradia Legal do Judiciário de Alagoas, realizada nesta segunda (6). Ela contou que mora há mais de 25 anos no local.

“Eu tinha um papel de compra e venda, mas não era registrado no cartório. Quando eu soube que ia receber meu documento, fiquei muito alegre e agora posso dizer que é meu, graças a Deus”.

Leidiane Pureza, também comemorou a chegada do tão sonhado documento. Ela mora há dez anos com sua família no bairro Serra de Santa Cruz e tinha até receio de viajar e deixar a casa desocupada.

“Agora eu tenho segurança, porque eu nunca tive coragem de sair de casa tranquila para visitar minha família que mora fora. Agora eu tenho meu documento em mãos, posso viajar tranquila e quando voltar posso provar que é minha”.

Feliz, Leidiane Pureza exibiu o documento do registro da sua casa. Foto: Caio Loureiro.

Programa social

O desembargador Ivan Brito representou a Presidência do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) na solenidade e enfatizou o alcance social do programa.

“Mais uma etapa do Moradia Legal, que eu considero um dos maiores projetos de alcance social de Alagoas. Um programa que resgata a cidadania das pessoas, que a partir de agora serão as verdadeiras proprietárias”.

O prefeito de Taquarana, Geraldo Cícero da Silva, ressaltou que espera poder beneficiar ainda mais moradores do município.

“Um projeto de grande importância, porque as pessoas passaram a ser donas de seus imóveis. Só tenho a agradecer ao Tribunal por essa parceria, e dizer que vamos trabalhar para beneficiar ainda mais moradores”.

Segurança

Maria de Fátima de Oliveira, titular do cartório de imóveis do município e representante da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg/AL), destacou a importância do registro para garantir a propriedade do imóvel.

“É um programa que alegra a todos, que regulariza os imóveis, e isso é de suma importância pois só é dono quem registra. Todo mundo tinha a posse, mas a partir de agora serão os verdadeiros proprietários”.

Participaram da ação o juiz Ricardo Jorge Lima, presidente em exercício do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris); a juíza Samara Fernandes, da Comarca de Taquarana e representante da Associação dos Magistrados Alagoanos (Almagis); dentre outras autoridades.

Redação C/ Dicom TJAL T


Galeria de Imagens