Anadia/AL

20 de junho de 2024

Anadia/AL, 20 de junho de 2024

“Lula é candidato natural à reeleição” em 2026, diz Geraldo Alckmin

Questionado sobre a possibilidade de compor novamente a chapa com Lula, como candidato a vice, o ministro da Indústria saiu pela tangente e evitou se comprometer com uma nova candidatura | 14:55 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 1 de junho de 2024

vv2

(Matheus W. Alves/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Por: Fábio Matos
O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), não tem dúvidas de que o candidato do governo nas eleições de 2026 será o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).O ex-governador de São Paulo arriscou o palpite durante entrevista à TV BandNews, exibida nesta sexta-feira (31).

“O presidente Lula é candidato natural à reeleição. Em um sistema de reeleição, o titular é um candidato natural”, afirmou Alckmin.

Questionado sobre a possibilidade de compor novamente a chapa com Lula, como candidato a vice, o ministro da Indústria saiu pela tangente e evitou se comprometer com uma nova candidatura.

Alckmin mantém boa relação com Lula, mas alguns dirigentes do PSB defendem que o ex-governador paulista se candidate ao Senado nas eleições de 2026. Há, ainda, a hipótese de Alckmin disputar mais uma vez o governo de São Paulo, mas o próprio vice-presidente vê essa possibilidade como remota.

Alckmin diz que Lula não vetará imposto sobre compras internacionais de até US$ 50

O projeto de lei que regulamenta o Mover foi aprovado pela Câmara, com alguns “jabutis” – trechos que não têm relação com conteúdo principal do texto. Um deles foi taxação em 20% de produtos importados de até US$ 50

Alckmin governou o estado 4 vezes: entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018. Ele completou o mandato do ex-governador Mário Covas (PSDB), morto em 2001, e foi eleito em 2002, 2010 e 2014 (sempre pelo PSDB).

Na entrevista, Alckmin elogiou Lula e disse que sua relação com o petista, antigo adversário político, é “muito próxima”.

“O presidente me chama ao Palácio toda hora para reuniões e apresentação de propostas. Então, tem dia em que a gente se encontra 3 vezes, e tem semana em que nos encontramos 2 vezes. Varia muito”, afirmou.

Viagem para Arábia Saudita e China

Neste sábado (1º), Alckmin lidera uma comitiva do governo brasileiro em viagem oficial para Arábia Saudita e China. Segundo informações do Planalto, o objetivo da missão liderada pelo vice-presidente é “fortalecer laços, estabelecer cooperação em várias áreas e abrir mercados para produtos brasileiros”. Além dos ministros, empresários também integram a comitiva.

Além do vice-presidente, também integram a delegação do governo brasileiro os ministros Rui Costa (Casa Civil), Simone Tebet (Planejamento e Orçamento), Carlos Fávaro (Agricultura), Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social), Márcio França (Empreendedorismo, Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte) e Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar).

Também viajam os presidentes da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Jorge Viana, e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Ricardo Cappelli.

*Redação com InfoMoney

Galeria de Imagens