Anadia/AL

18 de maio de 2024

Anadia/AL, 18 de maio de 2024

Maior contrabandista de armas da América Latina, Diego Dirísio é preso na Argentina

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 2 de fevereiro de 2024

prisão

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O contrabandista de armas Diego Hernan Dirísio foi preso em Buenos Aires, Argentina, durante uma operação da Interpol. O criminoso é considerado o maior traficante de armas da América Latina.

De acordo com informações divulgadas pela GloboNews, a prisão aconteceu no início da tarde desta sexta-feira, 2, junto com a sua esposa, Julieta Nardi Aranda, também fugitiva da Justiça do Paraguai. Os dois estavam foragidos desde do fim de 2023.

Ao canal de notícias, a polícia internacional disse que a captura foi resultado de intensas diligências investigativas e do intercâmbio de informações com a polícia brasileira e argentina. A operação foi em resposta a uma denúncia anônima feita há alguns dias à Divisão de Denúncia de Crimes Federais.

Diego Hernan Dirísio, é considerado o maior contrabandista de armas da América do Sul, segundo a Polícia Federal. O argentino já foi alvo de uma operação da PF, em 2020, que revelou um esquema de contrabando internacional que abastecia facções criminosas no Brasil.

Em três anos, estima-se que Dirísio tenha vendido mais de 43 mil armas para facções brasileiras, como o Primeiro Comando da Capital e o Comando Vermelho. As negociações movimentaram cerca de US$ 240 milhões — aproximadamente R$ 1,2 bilhão.

Segundo as investigações, Dirísio liderava uma “complexa e multimilionária engrenagem de tráfico ilícito” de armas de fogo que atendia a Europa e a América do Sul, a partir de sua empresa IAS, com sede no Paraguai. O Terra procurou a Polícia Federal em busca de mais informações sobre a prisão, mas ainda não obteve retorno.

✨ Redação com Terra

Galeria de Imagens