Anadia/AL

25 de maio de 2024

Anadia/AL, 25 de maio de 2024

Mais de 150 mil alagoanos precisam cadastrar a biometria, segundo TRE

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de janeiro de 2024

VV2

Reprodução

Em Alagoas, mais de 150 mil eleitores que não possuem a biometria coletada vão precisar realizar o cadastramento, segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL). Suspensa desde 2020, devido à pandemia, a coleta de dados deve ser realizada até o dia 8 de maio, nos cartórios eleitorais distribuídos pelo Estado.

O percentual de pessoas que precisam realizar o cadastramento representa 6,49% do eleitorado estadual (que é composto por 2.325.656 eleitores). O cadastramento biométrico no Estado foi concluído em 2012 e, desde então, todos os eleitores que solicitaram o alistamento já coletavam a assinatura eletrônica, sua foto (com medidas da face) e as suas impressões digitais.

A suspensão impactou, principalmente, as pessoas que solicitaram o alistamento eleitoral (1º título).

O atendimento nos cartórios eleitorais em todo o Estado acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30. Em Maceió, existe ainda a possibilidade de atendimento no posto da Central Já, no Maceió Shopping, das 8h às 17h, de segunda a sexta. O TRE de Alagoas inaugurará, ainda em janeiro, mais um posto de atendimento ao eleitor, na Central Já do Shopping Pátio, na parte alta da cidade.

Os eleitores que solicitarem o alistamento eleitoral virtualmente, no portal do TRE ou do TSE, terão 30 dias para comparecer presencialmente aos cartórios eleitorais ou postos de atendimento ao eleitor para efetivar o atendimento com a coleta biométrica. Caso não compareçam dentro do prazo, a solicitação não será concluída.

*Redação com Diário Arapiraca

Galeria de Imagens