Anadia/AL

22 de maio de 2024

Anadia/AL, 22 de maio de 2024

Merval pode tentar reescrever a história, mas não vai apagar o que fez no golpe de 2016, diz Gleisi

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 16 de janeiro de 2024

vv2

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado | Reprodução)

A declaração vem após Merval voltar a negar, em sua coluna no jornal O Globo, o golpe de Estado de 2016 contra Dilma e insultar a atual presidente do Banco do BRICS.

Os ataques a Dilma são misóginos e não há como negar o golpe, uma vez que não houve crime de responsabilidade de Dilma, afirmou Gleisi em postagem na plataforma social X (antigo Twitter).

Ela também lembrou que Merval idolatrava o ex-juiz suspeito e hoje senador, Sergio Moro, e não conseguirá apagar o que fez no golpe.

“O negacionismo de Merval e outros é uma desesperada tentativa de apagar o quanto contribuíram, por interesses políticos e econômicos, para a desestabilização das instituições e da democracia em nosso país” , escreveu Gleisi.

Merval Pereira e outros colunistas que apoiaram o golpe contra Dilma e a prisão ilegal de Lula vão passar a vida inteira tentando reescrever a história. Mas não vão conseguir apagar o que fizeram. Outro dia ele tentou igualar a trajetória de Ricardo Lewandowski ao prontuário de Sergio Moro e hoje manipula a volta de Marta Suplicy ao PT, para tentar negar que o impeachment sem crime foi golpe. São falácias negacionistas. Moro, que era tratado como herói, foi julgado parcial e suspeito pelo STF, entre outros seis motivos, por ter virado ministro de Bolsonaro, que ele ajudou a eleger tirando @LulaOficial da eleição de 2018. O impeachment de Dilma, a quem Merval ofende com misoginia, foi um golpe e assim será tratado pela História, porque ela não cometeu crime de responsabilidade nem crime nenhum. O negacionismo de Merval e outros é uma desesperada tentativa de apagar o quanto contribuíram, por interesses políticos e econômicos, para a desestabilização das instituições e da democracia em nosso país.

*Redação com Brasil 247 

Galeria de Imagens