Anadia/AL

14 de junho de 2024

Anadia/AL, 14 de junho de 2024

Orcrim presa na Operação Maligna inchou áreas de Educação e Saúde de 20 municípios alagoanos

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 22 de maio de 2024

ocr

Foto: Reprodução

A atuação da Orcrim identificada pelo Ministério Público Estadual na investigação que resultou na Operação Maligno teria como alvos principais as área de Saúde, Educação e Assistência Social de pelo menos 20 prefeituras alagoanas.

Claro: com a participação de agentes públicos.

O esquema de contratação de pessoal sem concurso público teria como alvo o desvio e a lavagem de dinheiro.

Ontem, o desembargador Alberto Jorge (juiz substituto) negou Habeas Corpus aos presos na Operação Maligno.

A turma vai insistir na nulidade das investigações, mas nenhum prefeito ou prefeita aparece no relatório do MP ou decisão da Justiça do 1º grau.

Fonte: Cada Minuto

Galeria de Imagens