Anadia/AL

13 de junho de 2024

Anadia/AL, 13 de junho de 2024

PC prende homem acusado de manter relacionamento com adolescente; suspeito tem um filho com a jovem

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 22 de maio de 2024

doi

Foto: Reprodução

Um homem foi preso, na tarde desta terça-feira (21), acusado de manter um relacionamento com uma adolescente por quatro anos. Ele foi preso por policiais civis do Núcleo de Investigação Especial (NIESP) da Delegacia Geral, coordenados pelo Delegado Sidney Tenório. Segundo a polícia, a adolescente e o suspeito tem um filho de dois anos.

A prisão ocorreu na divisa entre as cidades de Coité do Noia e Taquarana, em Alagoas.

Os crimes ocorreram em 2020, na zona rural de Coité do Noia, quando o acusado, à época com 25 anos, subtraiu a menor, de 13 anos. O mandado de prisão preventiva foi emitido pela vara de Taquarana, responsável pelo distrito judiciário de Coité, em decorrência dos crimes de estupro de vulnerável e subtração de incapaz.

De acordo com as investigações da polícia, a adolescente chegou a namorar com o suspeito enquanto ainda tinha 12 anos. O relacionamento era abusivo e não era aceito pela família da jovem.

Na época, a mãe da jovem precisou viajar para São Paulo, ficando lá por cerca de um mês, deixando a jovem e os irmãos com a avó materna. Quando a mãe retornou a Alagoas, a jovem foi abordada enquanto saia da escola pelo suspeito, que afirmou que, a partir daquele momento, eles viveriam em uma união estável de forma marital, levando-a para morar em sua casa.

A mãe da adolescente procurou o suspeito, que ficou escondendo a jovem. Ele chegou a se mudar da zona rural do Coité do Noia para a capital Maceió para esconder a jovem.

“A mãe desesperada procurou o Conselho Tutelar, que a encaminhou para a delegacia responsável”, informou a PC.

A prisão do acusado foi decretada pela Justiça no ano de 2022. “O suspeito chegou a ser reconhecido na capital, em uma maternidade, também em 2022, não sendo efetuada a prisão devido a dados insuficientes inseridos em seu mandado. Contudo, o mandado foi atualizado e, ontem, após quase 40 dias de investigação, foi descoberto o novo paradeiro do acusado, que se encontrava no sítio Boa Vista, na divisa entre as cidades de Coité e Taquarana”, explicou a polícia.

Até a data de hoje, o suspeito convive com a vítima e com o filho de dois anos. Ela atualmente com 17 anos e ele com 29 anos. O acusado foi conduzido para a Delegacia de Palmeira, onde aguardará audiência de custódia.

Fonte: Cada Minuto

Galeria de Imagens