Anadia/AL

20 de junho de 2024

Anadia/AL, 20 de junho de 2024

Pé na porta e prisão: vídeo mostra rendição de acusado de crimes em AL e em outros estados do Nordeste

Rendição | 10:17 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de junho de 2024

vv2

Reprodução/ Vídeo

Por: João Victor Souza

O homem de 27 anos com extensa ficha criminal, e que estava há três meses em liberdade depois de ser solto do sistema prisional de Alagoas após decisão judicial, voltou a ser preso na sexta-feira (7) por policiais alagoanos e sergipanos no município de Aracaju, no estado vizinho. Ele é suspeito de ser integrante da facção PCC e de ser o autor de um duplo homicídio na cidade de Girau do Ponciano, no interior de Alagoas, há duas semanas.

O jovem foi capturado dentro de casa, em um beco na Rua Jaci Oliveira dos Reis, próximo a uma igreja católica, no bairro de Dom Luciano. Ele estava com a companheira e os filhos dela, e não ofereceu resistência à prisão. O acusado atendeu ao comando dos policiais do Núcleo de Investigação Especial da Polícia Civil de Alagoas (Niesp) e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), de Sergipe, e foi ao chão com as mãos para trás após a invasão das equipes. Veja o momento:

O preso já responde a quatro processos em Alagoas, sendo dois por tráfico de drogas, um por tentativa de homicídio e um por posse irregular de arma de fogo, todos os crimes praticados no município do Agreste. Ele também é ex-reeducando do sistema prisional da Paraíba, onde foi detido por receptação e roubo qualificado.

O chefe de operações do Niesp, Welber Cardoso, informou que, apesar de o acusado ter apenas 27 anos, já morou nos estados de São Paulo, Bahia, Rio Grande do Norte, Sergipe e Alagoas. Ele era considerado o líder de uma quadrilha, de maior periculosidade.

“Ele saiu do sistema prisional de Alagoas em 1º de março, por determinação da Justiça, e no dia 21 de março, assinou, no fórum, a presença para as condições para a liberdade. Já no dia 22, no dia seguinte, no povoado onde até então residia, cometeu junto com outros três criminosos uma tentativa de homicídio qualificado com arma de fogo, sendo o autor dos disparos. A vítima sobrevivente reconheceu. Ela reconheceu todos, dois deles já presos, e esse, considerado o líder da quadrilha, o mais perigoso, foi capturado pelo Niesp e pelo Cope”

(Divulgação/PC-AL)

“Foi muito difícil a localização dele. Ele estava convivendo com uma companheira que estava no sistema prisional, com os filhos dela, e no momento do cumprimento do mandado de prisão, ele foi apanhado em estado de flagrância traficando drogas, com mais de meio quilo de maconha pronto para venda. Foi autuado em flagrante pela equipe do Cope, e diga-se de passagem, foi a terceira vez que ele foi preso por tráfico de drogas”, destacou.

Levado ao sistema prisional de Sergipe

Após a detenção, o homem foi levado para a delegacia, porém a Justiça de Sergipe já converteu a prisão em flagrante em preventiva e ele já foi encaminhado ao sistema prisional do estado vizinho.

O inquérito do duplo homicídio em Girau do Ponciano segue em andamento e a polícia vai ouvir o suspeito em Sergipe. “Além do duplo homicídio, ele estaria envolvido com quatro homicídios entre Girau do Ponciano e Campo Grande, em Alagoas”, reforçou o chefe de operações do Niesp.

*Redação com TNH1

Galeria de Imagens