Anadia/AL

13 de junho de 2024

Anadia/AL, 13 de junho de 2024

“PEC das Praias”: litoral é pilar da soberania nacional, diz Marinha

Constituição coloca áreas litorâneas sob responsabilidade da União.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 4 de junho de 2024

Brasil

Rafael Catarcione / Riotur

Edição: Vitória Rangel dos Santos / L Pedrosa

Diante da polêmica em torno da proposta de emenda à constituição, que transfere a propriedade dos terrenos do litoral brasileiro para estados, municípios e proprietários privados, a Marinha do Brasil, que detém o domínio dessas áreas, se pronunciou em nota.

Diz o texto que os terrenos em discussão  são pilares essenciais para a defesa da soberania nacional, o desenvolvimento econômico e a proteção do meio ambiente. E, defende que o tema deve ser debatido de forma mais ampla, com a participação de toda a sociedade.

A Marinha esclareceu, ainda, que esses terrenos são áreas litorâneas que pertencem à União, conforme previsto na Constituição Federal.

A instituição se posicionou sobre o assunto, depois que a proposta de emenda à Constituição,  a PEC das Praias, como ficou conhecida, voltou a debate no último dia 27 de maio, em audiência pública no Senado. A proposta, apresentada em 2011 pelo então deputado federal do Pará Arnaldo Jordy, foi aprovada em DOIS TURNOS na Câmara dos Deputados, em fevereiro de 2022.

Nesta segunda-feira, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou que o governo é contra a proposta que privatiza o acesso às praias brasileiras e vai trabalhar para suprimir esse trecho no projeto que tramita na Comissão de Constituição e Justiça.

Redação com Radioagência

Galeria de Imagens