Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Pela 1ª vez, delegado brasileiro ganha eleição para comandar Interpol

O resultado da eleição foi divulgado nesta terça-feira (25/6). O brasileiro recebeu um total de oito votos | 23:09

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de junho de 2024

GERAL

Foto: Reprodução

Por Mirelle Pinheiro e Carlos Carone

O delegado da Polícia Federal Valdecy Urquiza (foto em destaque) será o novo secretário-geral da Interpol, com mandato entre 2025 e 2030. O policial é o primeiro brasileiro a assumir o posto, que há 100 anos era ocupado por europeus ou americanos. A indicação do Comitê deve ser ratificada, em novembro, pela Assembleia Geral da organização.

O resultado da eleição, que ocorreu em Lyon, na França, foi divulgado nesta terça-feira (25/6). O brasileiro recebeu um total de oito votos. Em novembro de 2021, Urquiza foi eleito vice-presidente do Comitê Executivo da organização. Ele cumpriu o mandato por três anos.

“A indicação do delegado Valdecy Urquiza para o posto de secretário-geral da Interpol representa o reconhecimento, pela comunidade internacional, não apenas da excelência do trabalho da Polícia Federal, como também do papel de liderança da nossa instituição no campo da cooperação policial internacional”, disse o diretor-geral da PF, Andrei Passos Rodrigues.

“Com o crescimento da criminalidade transnacional – um problema que afeta todos os países do mundo –, é fundamental a atuação conjunta e a troca de informações com outras polícias no mundo”, acrescentou.

O chefe da PF destacou que a indicação é uma vitória para o Brasil. “Só foi possível por conta do esforço conjunto do governo federal, com envolvimento pessoal do presidente Lula, bem como da atuação do Ministério da Justiça e Segurança Pública e do Ministério das Relações Exteriores.”

Segundo Andrei, “a Interpol é o maior e mais respeitado organismo internacional nesse campo, e a escolha de um brasileiro para o posto representa também a elevação do patamar de inserção no nosso país no campo da política externa, sem perder de vista os efeitos práticos que serão vistos na segurança pública também no âmbito interno”.

Segundo a PF, Urquiza tem ampla experiência na promoção da cooperação policial internacional. Além de ocupar, desde 2021, mandato como vice-presidente para as Américas do Comitê Executivo da Interpol, também já atuou como diretor adjunto para Comunidades Vulneráveis da organização, entre 2018 e 2021.

A plataforma do delegado Urquiza centrou-se na promoção da diversidade e da modernização da Interpol, bem como no fortalecimento da transparência e da integridade da organização, com vistas a reforçar seu papel crucial na cooperação policial e no combate ao crime em todo o mundo.

Redação com Metrópoles


Galeria de Imagens