Anadia/AL

18 de maio de 2024

Anadia/AL, 18 de maio de 2024

Pessoas de qualquer status social serão responsabilizadas por ataques à democracia, diz Gonet

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 8 de janeiro de 2024

vv2

(Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado)

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, fez o segundo discurso do ato ‘Democracia Inabalada’, realizado no Congresso Nacional no aniversário de 1 ano dos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, quando militantes bolsonaristas invadiram as sedes dos Três Poderes.

Em sua intervenção, Gonet afirmou que os ‘acontecimentos abismaram a cidadania, mas fortaleceram as forças democráticas’. Ele também lamentou a destruição causada pelos bolsonaristas nas sedes dos Três Poderes e ponderou que a democracia exige permanente cuidado e reafirmação.

“O preço da liberdade é a eterna vigilância”, citou Gonet.

Por fim, Gonet disse que há de se estar sempre vigilante. Atos de violência contra a democracia terão respostas penais para quem quer seja, não importa o status social, assegurou.

O novo chefe do MPF, Paulo Gonet, deu recado importante em seu pronunciamento na solenidade do 8/1 agora há pouco. Defendeu a punição de todas as pessoas envolvidas na tentativa de golpe, “não importa seu status pessoal”. Pode parecer óbvio, mas tem seu significado por vir de quem vem — recém empossado no lugar de Augusto Aras, caberá a Gonet a decisão final sobre apresentação de denúncias contra Jair Bolsonaro e militares graduados…

*Redação com Brasil 247

Galeria de Imagens