Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

Pistoleiros invadem residência e matam dois homens em São Miguel dos Campos

Esposa de uma das vítimas foi baleada no pescoço e está no HGE.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 18 de maio de 2024

Policia 2

Foto: Reprodução

Por JC Nicácio 

Dois homens foram mortos a tiros no final da noite da sexta-feira, dia 17, no loteamento Hélio Jatobá 2, na parte alta de São Miguel dos Campos. As vítimas foram identificadas como, José Adilson Ferreira da Silva, e Emerson Roberto da Silva, ambos de 29 anos.

As vítimas foram surpreendidas dentro de casa, o imóvel foi invadido por homens armados que efetuaram dezenas de disparos de arma de fogo.

Um dos alvos dos atirados, Emerson, popular ‘Negão’, conseguiu sair do imóvel, mas acabou tombando e morrendo em via pública. Ele foi atingido várias vezes, inclusive na cabeça.

A segundo vítima, Adilson, popular J.A., morreu dentro da casa. Uma mulher, identificada como Eva Gabriele da Silva, de 23 anos, irmã de Emerson e esposa de Adilson, foi atingida no pescoço, ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada para receber atendimento na UPA local.

De acordo com informações preliminares apuradas pela polícia, os pistoleiros chegaram se identificando como policiais, cerca de três homens participaram das execuções. O bando deixou o local em um veículo de cor clara, mas de modelo e placa desconhecido.

Guarnições da Polícia Militar, através da 1ª Cia Independente de São Miguel dos Campos, chegaram rápido ao local, mas os autores conseguiram fugir tomando destino ignorado.

A polícia não descarta a ligação das mortes com os últimos dois crimes ocorrido em São Miguel dos Campos nos dias 14 e 15.

O comandante da 1ª Cia, major PM Eduardo, falou com a reportagem do AlagoasWeb na manhã deste sábado, “estamos reforçando o policiamento em toda região das ocorrências, com apoio de outras unidades, inclusive do Grupamento Aéreo”, esclareceu.

A mulher baleada foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE) e passa por procedimento cirúrgico, o quadro clínico da vítima é considerado estável.

Redação com Alagoas Web

Galeria de Imagens