Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Polícia investiga se advogado preso em Cruz das Almas tentou estuprar outras babás

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 20 de fevereiro de 2024

cr

Reprodução

A Polícia Civil de Alagoas indiciou o advogado preso suspeito de estuprar uma babá no bairro de Cruz das Almas, parte baixa de Maceió, na noite dessa segunda-feira, 19. Agora, a investigação deve apurar se ele teria tentado abusar sexualmente de outras mulheres que fizeram o mesmo tipo de trabalho na casa dele.

Em entrevista ao programa Fique Alerta, da TV Pajuçara, a delegada responsável pelo caso, Ana Luiza Nogueira, disse que a vítima, em depoimento, alegou que foi a primeira vez que isso teria ocorrido desde quando começou a trabalhar na residência, e que, no momento do crime, o suspeito teria dito que teve relações consensuais com outras que vieram antes dela.

“Quando foi ouvido o advogado negou o fato, como é de praxe. Também negou ter uma arma em casa. Ele disse que a babá o provocou. Infelizmente, isso é uma prática comum nestes casos, e é por isso que os tribunais superiores têm o entendimento de que a palavra da vítima é preponderante, até porque é algo que acontece, geralmente, sem testemunhas”, detalhou a delegada.

A Polícia Civil tem o prazo de 10 dias, que é o trâmite do inquérito policial, para verificar se as outras foram vítimas à força do advogado.Guarda das crianças vai parar na Justiça

A delegada Ana Luiza ainda explicou que a guarda dos três filhos do suspeito vai ser decidida na Justiça, por meio da vara da família. A ex-mulher dele foi chamada para ficar com as crianças.

“A vítima contou que havia acabado de colocá-las para dormir, provavelmente, no início da ação, elas não ouviram. Mas isso também será investigado, até pela proximidade, pela condição e possibilidade das menores terem presenciado o fato”, finalizou Ana Luiza.

Fonte: TNNH1

Galeria de Imagens