Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Porsche, lancha e joias de influencers suspeitos de promover ‘Jogo do Tigrinho’ são apreendidos em operação

As informações oficiais sobre a operação foram divulgadas pela Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) na manhã desta segunda-feira (17).

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 17 de junho de 2024

chh

Os nomes dos influenciadores não foram divulgados | Crédito: Polícia Civil / Divulgação

Por Gabriel Amorim

Uma vida de luxo ostentada por influenciadores chamou atenção da polícia e resultou na Operação “Game Over”, que apreendeu carros, lancha e outros bens de influenciadores em Maceió (AL), suspeitos de promover o jogo de azar, conhecido como “Jogo do Tigrinho”. As informações oficiais sobre a operação foram divulgadas pela Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) na manhã desta segunda-feira (17)

A PC não divulgou os nomes dos suspeitos, mas nas redes sociais na útlima sexta-feira (14), a influencer alagoana Verolayne, que acumula mais de 1 milhão de seguidores, chegou a falar sobre a operação, mostrando que teve o apartamento revirado pela Polícia. Ela contou que teve os carros, celulares, computadores, dinheiro e joias apreendidos. “A Polícia Civil veio dar bom dia. 05 horas da manhã!!!”, escreveu a influencer.

“Vocês não sabem a visita que eu recebi às 5h da manhã. Estou transtornada. A polícia veio aqui em casa, vocês acreditam? Eles fizeram: ‘Toc, toc, toc’. Quando eu disse: ‘Quem é?’, eles falaram: ‘Queira nem saber’. Tô rindo de nervosa, mas deu tudo certo. Essa sala estava preta de policiais. ‘Moço, eu sou inocente’. Eles disseram: ‘Somos da Polícia Civil, estamos em uma operação chamada ‘Game Over’. Estou com mandado de busca e apreensão e vamos pedir licença para revisar a sua casa. Aí eu disse: ‘Fique à vontade, doutor’. Eu me sentei, não quis acompanhar, porque eu estava com as pernas bambas, tremendo. Era muita gente armada até os dentes. Eu disse: ‘É hoje que eu vou presa’”, contou Verolayne em stories do Instagram.

“Eles reviraram tudo, até os potes do arroz e do feijão, cortaram até a melancia. Aí levaram minhas coisas, meus carros, minhas joias. Só não me levaram porque aqui não tem criminosos. Eu sou inocente. Eles foram muito educados. O delegado foi muito educado, compreensivo, porque a gente tinha acabado de acordar. E a gente colaborou para levar o que quiser”, disse a influenciadora.

A decisão dos mandados foi expedida pela 17ª Vara Criminal. Segundo a polícia, também foram apreendidos bens das pessoas que assessoram os influencers.

Registros feitos pela Polícia Civil, mostram o trabalho de busca e a operação dos policiais. Dois carros de luxo, um Porsche e um Volvo foram apreendidos.

Fonte: TNH1

Galeria de Imagens