Anadia/AL

19 de junho de 2024

Anadia/AL, 19 de junho de 2024

Presidente da CBF admite problemas na arbitragem: ‘Não podemos dizer que está 100%’

Ednaldo Rodrigues, entretanto, garantiu sua confiança na comissão de arbitragem da entidade | 19:20 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de abril de 2024

vv1

Tribuna Hoje

A arbitragem é um dos principais alvos de críticas nesse início de Campeonato Brasileiro. Diante dessa represália, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, reconheceu o desempenho abaixo dos árbitros e as críticas pertinentes por parte de clubes e técnicos. Entretanto, rechaçou a ideia de que a arbitragem foi a causa de possíveis tropeços de equipes na competição.
“Arbitragem sempre vai estar dentro dos questionamentos. Primeiro, é uma cultura do futebol no mundo. As pessoas às vezes buscam na arbitragem uma satisfação ou explicação para insucesso. Mas existe, sim, pertinência nas reclamações deles (treinadores e presidentes de clubes). Isso é inegável. A gente não pode dizer que está 100%. Não está. Temos trabalhado para que pudesse estar. Foram dois anos de investimentos pesados na arbitragem para que pudesse ter uma resposta condizente com o investimento”, afirmou Ednaldo, em entrevista ao “UOL”.
Publicidade
O mandatário da CBF também garantiu sua confiança na comissão de arbitragem da entidade, liderada por Wilson Seneme. Ademais, Ednaldo disse que segue em busca de uma melhora na área com a ajuda das critícas dos clubes e dos jogadores.
“Tem uma comissão de arbitragem qualificada, que busca a todo instante estar reunida com membros da Fifa. O tempo todo passando situações que possam estar ouvindo clubes e federações. Não minimizo. Sei que ainda tem muito por acontecer de trabalho na arbitragem para estarem preparados para acompanhar a evolução dos atletas, exigem um rendimento maior físico e disciplinar. Estaremos sempre ouvindo os presidentes e treinadores. A gente coloca: vamos ter que melhorar. Tem reclamações que são pertinentes. Procuro respeitar, trabalhar e tirar proveito desse trabalho e das críticas que têm acontecido”, complementou.
*Redação com o Dia

Galeria de Imagens