Anadia/AL

20 de junho de 2024

Anadia/AL, 20 de junho de 2024

Presidente do Tribunal de Justiça toma posse como governador do Estado

Desembargador Fernando Tourinho está à frente do Poder Executivo durante a ausência do governador Paulo Dantas, que se encontra em viagem ao exterior.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 13 de maio de 2024

presidente-do-tribunal-de-justica-toma-posse-como-governador-do-estado

O desembargador Fernando Tourinho é empossado como governador em exercício de Alagoas | Foto: Manuelle Gouveia

Fábia Assumpção / Agência Alagoas

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Fernando Tourinho, tomou posse como governador em exercício de Alagoas na manhã desta segunda-feira (13), devido ao afastamento do governador Paulo, que se encontra em viagem para tratar de assuntos de interesse do Estado, no exterior.

A posse do governador em exercício ocorreu em solenidade no Palácio República dos Palmares, com a presença de integrantes do Poder Judiciário e familiares do empossado.

Fotos: Manuelle Gouveia

O presidente do Tribunal de Justiça é o quarto na linha de sucessão em caso de ausência do governador do Estado, mas devido o vice-governador Ronaldo Lessa (segundo na linha de sucessão) e o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Vítor (terceiro na linha de sucessão), estarem ausentes, o desembargador Fernando Tourinho assumiu o cargo de governador de Alagoas pelo período de ausência do governador Paulo Dantas.

Após assinar o termo de transmissão do cargo, o desembargador Fernando Tourinho iniciou seu discurso dizendo que estava bastante sensibilizado e agradecido ao governador Paulo Dantas por confiar a um membro do Poder Judiciário assumir o governo de Alagoas. “É sobre forte emoção que estou assumindo o honroso cargo de governador do estado de Alagoas.

Esse gesto para com o Poder Judiciário é fruto da harmonia que deve sempre existir, da boa harmonia entre os poderes. Então, quero fazer esse agradecimento todo especial ao governador Paulo Dantas, como também, por uma questão de justiça, também agradecer ao vice-governador Ronaldo Lessa, e ao presidente da Assembleia Marcelo Vitor, que por outros compromissos também não poderiam assumir o cargo. Quero registrar também que é a maior prova dessa harmonia, é a presença da maioria maciça dos desembargadores e da magistratura alagoana que se fez presente aqui hoje, como também os servidores do Tribunal de Justiça”, destacou o governador em exercício.

O desembargador Tourinho também se emocionou ao lembrar que seu pai, desembargador Fernando Tourinho, que também teve a honra de assumir o cargo de governador do Estado na gestão do governador Ronaldo Lessa.

O secretário-chefe do Gabinete Civil, Felipe Cordeiro, representando o governo de Alagoas, deu as boas-vindas ao presidente do TJ/AL e disse que toda equipe do governo estará à sua disposição. “Estaremos aqui para apoiar o senhor nesse momento que está assumindo sua função constitucional como governador do Estado”, reforçou o secretário.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), Wagner Paes, disse que a trajetória do desembargador Fernando Tourinho é notadamente marcada pela preocupação social e nunca foi um desembargador de gabinete. “Sempre demonstrou sua capacidade de articulação, aglutinação, sempre sendo uma ponte para unir as pessoas, unir uma estrutura e na presidência do Tribunal de Justiça não foi diferente. Essa visão marca a sua pessoa, marca a sua trajetória e hoje vemos coroar aqui ao assumir o Governo do Estado de Alagoas”, afirmou o presidente da OAB/AL.

O presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Alagoas (Almagis), Hélio Pinheiros, ressaltou que o presidente do TJ tem a habilidade necessária para assumir o cargo como governador do Estado, como já demonstrou em sua trajetória no Poder Judiciário. “O desembargador Fernando Tourinho é uma pessoa surpreendente. É muito fácil falar do desembargador Fernando Tourinho como presidente do Tribunal de Justiça e agora assumindo esse honroso posto, pois acho que tem muitas similitudes entre ser presidente do Tribunal e governador do Estado. Ambos os cargos visam promover a justiça em última análise e visa promover o bem comum”, comparou o presidente da Almagis.

Redação com Agência Alagoas

Galeria de Imagens